w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

O ex-prefeito de Caetés, José
Luiz Sampaio, o Zé da Luz, do PHS, concedeu entrevista ao programa Falando com
o Agreste, da Marano FM, e avaliou as gestões de Izaías Régis, em Garanhuns, e
Armando Duarte, em Caetés.


O Humanista que continua com o
domicilio eleitoral em Garanhuns, registrou que torce para que Régis e Duarte
realizem boas gestões, mas deu fortes estocadas nos políticos que lhe
atribuíram derrotas no último pleito. “Até agora não chegou nada em Caetés.
Garanhuns também precisa chegar mais ações. Izaías prometeu o Parque
Industrial, mas até agora não tem nem o terreno!”, chamou a atenção Zé da Luz,
que complementou: “não se pode caracterizar que a vinda das Casas Bahia seja uma
ação de Governo. A Casas Bahia veio através de pesquisa de mercado. Ela vai
para o lugar em que tem condições de vender os seus produtos”, pontou o
Engenheiro. 

Em determinado trecho da
entrevista, Zé da Luz dispara: “Garanhuns esta sendo maquiado!. Esta se
trocando lâmpadas que vai ser obrigado se trocar essas lâmpadas no futuro,
porque elas tem uma economia maior e tem uma melhor luminosidade. Isso vai ser
quase uma Lei, assim como tem na saúde e na educação”, alfinetou Sampaio.

Indagado sobre as denuncias do
Vereador Sivaldo Albino (PPS), Zé da Luz foi cauteloso com as palavras. “É um
Vereador inteligente. Tem um projeto para sair candidato a Deputado Estadual e
esta fazendo uma oposição…é o papel que ele tem que fazer. Os outros
(vereadores) também estão com muita responsabilidade, cobrando ações do Governo”,
registrou José Luiz, que emendou: “torço para que façam grandes gestões (Izaías
e Armando). Agora não pode fazer propaganda enganosa. Não fazer nada e estar
querendo mostrar ao povo que esta fazendo, como esta acontecendo em Caetés”,
enfatizou o ex-prefeito caeteense, que ainda confidenciou que vem mantendo
entendimentos junto ao PSB e a correntes ligadas ao PT visando as eleições de
outubro próximo. “Temos que conversar com todos e ver qual o melhor caminho
para a nossa Região”, salientou Zé da Luz.