w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | sábado, 24 de fevereiro de 2018

 
O Grêmio, oficialmente, desistiu da contratação de André e levou para a
Arena Gremista o atacante Hernane Brocador. É que depois de uma longa
negociação, a diretoria gaúcha não conseguiu entrar em um acordo financeiro com
o Sport e se retirou do negócio. Os gremistas tinham a esperança de conseguir o
acerto com tempo hábil para inscrever o atacante na Taça Libertadores (prazo se
encerra sábado, 24), mas não foi possível – agora só poderá caso avance às
oitavas de final da competição.

“Sim (desistimos). Aguardávamos uma posição oficial (do Sport). Em
respeito ao clube e sua legítima posição, o Grêmio desiste de continuar as
conversas, pois não encontramos os caminhos do consenso. Que sejam felizes
todos os envolvidos”, disse Romildo Bolzan Júnior, presidente do Grêmio, à
reportagem do 
Jornal do Commercio. Os gremistas ofereceram 2,5 milhões de euros (R$ 10 milhões) por 70%
dos direitos econômicos de André, mas o Sport só aceitava negociar esse
percentual por 4 milhões de euros (R$ 16 milhões) ou 50% por 3 milhões de euros
(R$ 12 milhões).

Com a desistência do Tricolor Gaúcho, o atacante André terá de retornar
ao Sport. Porém, para isso acontecer, 
o vice-presidente de futebol rubro-negro, Guilherme
Beltrão
, já tinha dito ao longo dessa semana que André teria de se
desculpar, pois conduziu mal toda essa situação. Caso o camisa 90 se
recuse a vestir a camisa rubro-negra, mesmo com a negociação frustrada com o
Grêmio, 
a direção do Sport pode acionar o jogador à Fifa.
Na última quinta-feira, dia 22, André foi ao CT do Leão e recolheu seus
pertences e se despediu dos companheiros, o que caracterizaria abandono do
trabalho, já que ele segue vinculado ao clube – contrato até fevereiro de 2022.
(Com informações do JC Online. CONFIRA)