BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
domingo, 29 de março de 2020

 
A Diocese de Garanhuns vem
promovendo uma campanha de arrecadação de alimentos e materiais de higiene e
limpeza em prol das famílias que vem sofrendo às consequências das medidas de
prevenção ao contágio pelo Novo Coronavírus, sobretudo após o fechamento do comércio,
aqui em Garanhuns e em vários municípios do Agreste Meridional.
O Bispo Dom Paulo Jackson
divulgou a iniciativa na manhã de hoje, dia 29, durante a celebração da missa dominical
da Igreja de São Sebastião, transmitida pela Rádio Sete Colinas FM. Ele pediu a
participação dos fiéis das 36 paróquias que integram a Diocese. 

“Nós estamos
pedindo gêneros alimentícios não perecíveis e também produtos de higiene,
especialmente sabão, sabonete, pasta de dentes, escova e também uma coisa muito
importante: água sanitária (…); que tem sido mais eficiente no combate ao
Coronavírus do que mesmo o álcool em gel. É muito importante a limpeza da casa
com a mistura de água com água sanitária”, chamou a atenção o Bispo Diocesano. As
doações devem ser entregues nas Secretarias das Paróquias.

Além das doações, Dom Paulo
Jackson ainda chamou a atenção dos católicos para a fidelidade dizimal. “Está
chegando o final do mês, e os Padres, que são administradores das Paróquias,
não sabem como vão pagar as contas no final desse mês: a funcionários, água,
energia, telefone e outras despesas ligadas a Paróquia. Então eu peço a você
que é dizimista: por favor, mantenha a sua fidelidade para com o dízimo e envie
o dízimo a sua Paróquia para que possamos pagar as contas agora no final do mês
de março”, pontuou o Bispo Diocesano.
ARRECADAÇÃO DE ALIMENTOS – Além
das paróquias da Diocese, aqui em Garanhuns, a Secretaria Municipal de
Assistência Social, localizada na Avenida Rui Barbosa, defronte ao antigo Posto
Centenário, também está recebendo doações de cestas básicas diariamente. Os
alimentos arrecadados vêm sendo distribuídos junto a famílias carentes da
Cidade.



Clique em player para ouvir o apelo do Bispo Diocesano de Garanhuns: