w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | domingo, 27 de outubro de 2013

Após 14 dias de espera, finalmente, o Santa Cruz vai
realizar o primeiro jogo das quartas de final da Série C do Brasileiro, hoje às
16h (horário do Recife) contra o Betim, na Arena do Calçado, na cidade de Nova
Serrana (MG). Classificado na primeira colocação do Grupo A, com 34 pontos, o
tricolor ganhou o direito de realizar a segunda partida, no Arruda, dia 3 de
novembro, que define o acesso à Série B. O time mineiro foi o quarto, com 28
pontos, no Grupo B.
A demora para a realização da partida foi devido a uma
briga judicial entre o Betim, a Fifa, a CBF e o Mogi Mirim. A entidade que
comanda o futebol mundial havia punido o clube mineiro com a perda de seis
pontos por causa de um débito com o The Strongest, da Bolívia, o que o deixaria
na sexta posição. Assim, a Confederação Brasileira de Futebol colocou o Mogi,
quinto na classificação, como adversário do tricolor.
O Betim não aceitou a punição e recorreu à Justiça Comum.
Na 4ª Vara Cível de Betim, conseguiu uma liminar recuperando os pontos e
impedindo a realização da partida entre Mogi Mirim e Santa Cruz, que seria na
segunda-feira, dia 21, no interior paulista. A CBF não conseguiu anular a
liminar dos mineiros e foi obrigada a marcar a partida para hoje. Na verdade, o
jogo seria no dia 19.
A situação provocou a insatisfação dos tricolores. Mesmo
assim, o técnico Vica teve todo o cuidado para manter o equilíbrio do grupo. A
prova é que o elenco, em nenhum momento, perdeu a tranquilidade. Nem mesmo o
fato que ocorreu na sexta-feira, quando o treinamento da manhã no Arruda, foi
cancelado devido à mudança de logística da viagem, tirou a serenidade do
elenco. A CBF não teve como embarcar a delegação em um mesmo avião devido à
indisponibilidade de passagens. Por isso, o grupo foi dividido em cinco para
chegar em Belo Horizonte.

O comandante coral terá o retorno de seis
titulares que não atuaram na última rodada da primeira fase, contra o Treze, no
dia 13. São os casos dos zagueiros Everton Sena e Renan Fonseca, o volante
Luciano Sorriso, o meia Raul e os atacantes Siloé e André Dias.