w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | domingo, 24 de julho de 2022

 

Os 30 anos do Festival de Inverno de Garanhuns vêm sendo celebrados com grandes shows e públicos recordes na Cidade.

 

 

Celebrando 20 anos, a Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (OPBH) foi a primeira atração desse sábado, dia 23, no FIG. Com formação quase intacta durante os anos de existência, a Orquestra é conduzida pelo Maestro Forró. Se apresentando desde 2008 no FIG, a OPBH também homenageou o Mestre Dominguinhos no aniversário da morte do artista: são nove anos de saudade, completados neste sábado. De óculos escuros, sua marca registrada, o irreverente maestro abriu a 9ª noite de shows no principal palco do evento.

 

 

De Garanhuns para o mundo, Romero Ferro foi a segunda atração da noite. O Artista garanhuense trouxe um show eclético, com músicas autorais e de artistas populares. Esse foi o vigésimo show da turnê #FERRO, iniciada no mês de abril.

 

 

Foi ao som de “Sonífera Ilha”, “Comida”, “Epitáfio”, “Pra dizer Adeus”, “Enquanto houver sol” e muitos outros clássicos que Titãs agitou o público do Festival. A terceira atração da noite se apresentou já com a praça lotada e os acessos fechados. Muito rock no maior público da história do FIG, que contou ainda com a cantora Pitty. Durante o show, a baiana homenageou Seu Domingos cantando, em estilo Rock, “Eu só quero um xodó”.

 

 

O encerramento dos shows ficou por conta da cantora recifense Duda Beat. Dona do hit “Bixinho” que a projetou para o cenário musical, a rainha da sofrência pop declarou no Instagram, minutos antes de subir ao palco, a expectativa de fazer parte do Festival “Esperei tanto por esse momento, FIG”, declarou Duda. (Com informações da SECOM e imagens de Ailton Vieira/Hilton Marques/Thomas Ravelly/SECOM/PMG)