w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | terça-feira, 31 de julho de 2018

 

E depois de um verdadeiro
bombardeio contra Ele, e, sobretudo, contra o Governador Paulo Câmara (PSB) por
conta de todos os acontecimentos vivenciados durante o 28º Festival de Inverno de Garanhuns, o Secretário
de Cultura do Estado, Marcelino Granja, resolveu quebrar o Silêncio.
Através de Nota publicada no
Blog do Ronaldo César, Granja pede desculpas aos Cristãos que se sentiram
ofendidos pelas “atitudes isoladas de alguns artistas no Palco Dominguinhos”;
registra que o 28º FIG transcorreu “em paz, tranquilidade e segurança” e bate
forte em Izaías Régis, chamando-o de irresponsável e destacando que o Prefeito
Garanhuense se pauta “pelas ideias reacionárias do projeto de Temer em
Pernambuco”. Marcelino também registrou que o Petebista se empenhou e espalhar
uma campanha de ódio, preconceitos e intolerância nas redes sociais, com
objetivos eleitorais, já que integra a Oposição ao Governador Paulo Câmara.

“Não compactuamos com a
irresponsabilidade pública do Prefeito, pautado pelas ideias reacionárias do
projeto de Temer em Pernambuco. O Prefeito espalhou uma campanha de ódio,
preconceitos e intolerância nas redes sociais, fazendo proselitismo político da
oposição ao Governo, como revelou na entrevista que foi ao ar nesta
segunda-feira (na Rádio Marano FM), caindo sua máscara ao falar abertamente de
eleição”, chamou a atenção Marcelino Granja.
Clique AQUI para conferir a nota do Secretário na Integra.

MARCELINO GRANJA – SECRETÁRIO DE
CULTURA DE PERNAMBUCO
“Sobre a atitude isolada de
alguns artistas no Palco Dominguinhos, na 28° Edição do FIG, a SECULT e
FUNDARPE pedem desculpas aos cristãos e a todos que tenham se sentido
ofendidos.
Não concordamos com tais atitudes.
O que prevaleceu largamente no
FIG foram as suas mais de 500 apresentações, que fizeram do Festival um grande
espaço de confraternização, transcorrido em paz, tranquilidade e segurança, com
as ruas, praças, parques, restaurantes, hotéis, teatros, Catedral, Circo,
pavilhões e polos de apresentações artísticas lotados durante os seus 10 dias!!
Também não compactuamos com a
irresponsabilidade pública do Prefeito, pautado pelas ideias reacionárias do
projeto de Temer em Pernambuco.
O Prefeito espalhou uma campanha
de ódio, preconceitos e intolerância nas redes sociais, fazendo proselitismo
político da oposição ao Governo, como revelou na entrevista que foi ao ar nesta
segunda-feira, caindo sua máscara ao falar abertamente de eleição.
Por fim, reafirmamos os valores
cristãos e humanistas da compaixão, do amor e do perdão, da solidariedade e da
união pela paz e contra a violência.
Marcelino Granja
Secretário de Cultura de
Pernambuco”.