w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | sexta-feira, 29 de abril de 2022

 

O Portal Brasil de Fato repercutiu a rejeição, por parte da Câmara de Garanhuns, de uma homenagem ao Presidente da República, Jair Bolsonaro (PL). Confira:  

 

 

“Em Garanhuns, município de 140 mil habitantes na região Agreste de Pernambuco, o vereador bolsonarista Thiago Paes (eleito pelo DEM, atual União Brasil) propôs conceder a medalha de mérito político da casa em homenagem ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

 

 

Em votação nesta quarta-feira (27), a homenagem foi recusada pelos Vereadores. Entre os 17 parlamentares, 12 votaram contra, apenas 2 foram favoráveis e houve 3 abstenções. Garanhuns é a cidade natal do ex-presidente Lula (PT), principal opositor de Bolsonaro na eleição deste ano. Os dois votos favoráveis a Bolsonaro vieram dos vereadores Gersinho Filho e do próprio propositor Thiago Paes, ambos filiados ao União Brasil e pré-candidatos à Câmara Federal.

 

 

No discurso a favor da homenagem, Paes chamou petistas de “vagabundos”, “ladrões” e atribuiu ao governo Bolsonaro a obra da Transposição do Rio São Francisco. Em 2019, quando Bolsonaro assumiu o Governo Federal, a referida obra já estava perto de 90% concluída. Entre os supostos motivos para a homenagem ao presidente da República, o vereador também mencionou o Auxílio Emergencial, o Auxílio Brasil e o Vale-Gás – este último criado através de um projeto de lei de autoria deputados do PT, inclusive o pernambucano Carlos Veras. Em seu discurso, o Vereador bolsonarista também afirma que sob o governo Bolsonaro o Brasil está com a menor taxa de juros da história, informação que não se sustenta em nenhum dado real.

 

 

Votaram contra a homenagem Johny Albino (PSB), Damásio Cardoso (PSB), Luizinho Roldão (PSB), Bruno dos Santos (sem partido), Nelma Carvalho (PTB), Luzia da Saúde (PTB), Juca Viana (PTB), Alcindo Correia (PTB), Professor Márcio (PTB), Bruno Taveira (CD), Erivan Pita (PSD) e a mandata coletivo Fany das Manas (PT). As três abstenções foram dos vereadores Matheus Martins (PSD), Magda Alves (PP) e Darliane de Natalício (CD).

 

 

Esta última é o único mandato petista na cidade natal do ex-presidente Lula. A co-vereadora Fany Bernal discursou contra a homenagem proposta. “Esse cidadão conseguiu chegar à Presidência da República através do discurso de ódio e das fake news. Ele não merece do povo de Garanhuns essa medalha. Ele não tem mérito político algum”, criticou. A honraria concedida pela Câmara Municipal de Garanhuns leva o nome do ex-vereador Osvaldo Ferreira da Silva. As filhas de Osvaldo, inclusive, entraram em contato com a vereadora do PT para repudiar que uma honraria levando o nome do seu pai fosse entregue a Bolsonaro”. (Com informações de Vinícius Sobreira/Brasil de Fato/Recife. CONFIRA)

 

 

* CASA A VENDA NO BAIRRO HELIÓPOLIS
– Próximo a Escola Elvira Viana. para mais informações ligue e agende uma visita com nossos Corretores: (87) 3764-1088 e (87) 9 9926-0223 (WhatsApp).
Acesse também nosso site: www.manoimoveis.com.br