w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Fiscais da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco
(Adagro) e da Vigilância Sanitária de Garanhuns apreenderam mais de 300 kgs de
produtos irregulares na Farmácia Veterinária Fofinho Pet Center. A
ação foi realizada, na última quinta-feira, dia 19, após a denúncia de um
cliente.

De acordo com a Adagro, foram encontrados produtos com validade
vencida, validade adulterada, ilegível, itens sem registro de lote, fabricação
e validade na embalagem ou com os dados violados. Dos 912 produtos recolhidos
na farmácia Fofinho, 49 eram cosméticos veterinários – como shampoos,
condicionadores, solução higienizante oral, fraldas e tapetes higiênicos -, 416
medicamentos veterinários e 447 unidades de rações para animais. Também havia
animais que estavam expostos à venda. Os filhotes de cães estavam em condições
inadequadas, com pouco espaço, iluminação, ventilação e limpeza insuficientes.


Essa é a terceira vez que o estabelecimento é interditado pelo mesmo
motivo. A primeira ação aconteceu em setembro de 2015 quando foram apreendidos
4.418 unidades de produtos fora dos padrões oficiais de comercialização. No
local também foram encontrados três carimbos com dados de lote, fabricação e
validade utilizados para adulterar a validade de produtos vencidos. O estabelecimento
foi interditado, multado, intimado a corrigir irregularidades e o caso
encaminhado ao Ministério Público, Delegacia de Polícia e Conselho Regional de
Medicina Veterinária de Pernambuco (CRMV-PE).
A segunda fiscalização aconteceu em março de 2016, quando 284 unidades
de produtos fora dos padrões oficiais para comercialização foram apreendidos,
sendo 121 unidades de alimento para animais, 63 cosméticos e 100 produtos
terapêuticos. O estabelecimento, que já é considerado reincidente nas infrações,
foi novamente interditado, multado, e o caso encaminhado ao Ministério Público
e Delegacia de Polícia. (Com informações
da Folha de Pernambuco. CONFIRA)