w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | domingo, 03 de abril de 2022

 

Os Comerciários de Garanhuns vivem a expectativa de passar a contar com um Piso Salarial de R$ 1.350,00, que representa um reajuste de 10,06%. Pelo menos essa é a proposta que foi enviada pelo Sindicado dos Comerciários de Garanhuns aos empresários locais no último mês de fevereiro, e que, agora, começa a ser discutida pela classe empresarial.

 

 

Em contato com o presidente do Sindilojas, o empresário Ivan Júnior, o Blog do Carlos Eugênio apurou que até o próximo dia 10, a Entidade que representa os Empresários do Comércio estará apresentando a sua proposta junto ao Sindicato dos Comerciários. Segundo Ivan, a demora deu-se em virtude dos trâmites burocráticos para registro na nova Gestão da Instituição Sindical.

 

 

De acordo com o presidente do Sindicato dos Comerciários, Adjamiro Lopes, após aprovado, o aumento salarial deverá ser retroativo a 1º de março, data base da Convenção Salarial da Categoria. Contactado pelo Blog, Lopes também deixou claro que caso a proposta da classe patronal não chegue até o próximo dia 15, o Ministério Público do Trabalho (MPT) será acionado para intermediar a negociação.

 

 

ABERTURA DO COMÉRCIO AOS SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS – E ficaram definidas as condições para abertura do Comércio de Garanhuns aos sábados, domingos e feriados neste mês de abril. Para abrir as lojas nos feriados, os Empresários terão que conceder ajuda de custo com valores que variam entre R$ 21 e R$ 34, a depender da jornada de trabalho, além de folga compensatória pelo feriado trabalhado no prazo máximo de trinta dias, garantindo ainda, a folga semanal remunerada.

 

 

Já para a abertura aos sábados e domingos, o trabalhador contará com uma folga compensatória no prazo máximo de trinta dias, garantida a folga semanal remunerada. “Será necessário a apresentação aos dois Sindicatos, dos ofícios, com data de abertura e a lista de colaboradores que irão trabalhar, como também estar em dia com as duas Instituições”, registrou o SindiLojas em informativo direcionado a classe empresarial local.