w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

 
Policiais
Civis da 22ª Delegacia de Homicídios, com o apoio da equipe do Denarc, apreenderam
10,4kg de Maconha aqui em Garanhuns. A Droga estava no bairro Dom Hélder Câmara,
a Cohab 3.  
De
acordo com a Polícia Civil, grande parte da droga, cerca de 10kg, estava
escondida dentro de um tonel, ao lado de uma casa localizada na rua João
Domingos da Cunha Valença Filho. No local também foi apreendida uma pistola
Garrucha de calibre 38, com numeração suprimida; uma balança de precisão e
certa quantia em dinheiro. 

O Policiamento chegou até o suspeito, , de
identidade não registrada, através de denúncia a
anônima, quando realizava diligência no Bairro investigando homicídios
ocorridos na Cidade. O Suspeito foi encaminhado a Delegacia e autuado em
flagrante pelo Delegado Eric Costa. Ele responderá pelo crime de tráfico de
drogas, após ser encaminhado para Audiência de Custódia no Fórum local.
Antes,
p
or volta das 9h, de ontem, dia 11, a Polícia apreendeu 410g de maconha
numa residência na rua Radialista Flauberto Elias, naquele mesmo bairro. Segundo
a Polícia Civil, uma equipe da Delegacia de Homicídios realizava diligências no
bairro, no intento de localizar indícios de autoria em um homicídio ocorrido na
Cidade, quando se depararam com pessoas em frente a uma residência suspeita de
ser utilizada como ponto para comércio de drogas. Foi dada voz de abordagem aos
suspeitos e identificado o proprietário da casa, de identidade não registrada.
Após autorização, foi realizada buscas no interior da residência e no local
foram encontrados além do entorpecente; uma balança de precisão e R$ 1.854,00
(mil oitocentos e cinquenta e quatro reais) em diversas cédulas.
O
Suspeito foi encaminhado a Delegacia e autuado em flagrante pelo Delegado Eric
Costa. Ele responderá pelo crime de tráfico de drogas, após ser encaminhado
para Audiência de Custódia no Fórum local.
Outros dois suspeitos foram
levados a Delegacia e irão responder ao Termo Circunstanciado de Ocorrência
(TCO).
(Com informações e imagens do
Portal Agreste Violento. CONFIRA