BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
sábado, 17 de abril de 2021

Com o intuito de contribuir para tornar o Agronegócio da
região Nordeste um espaço mais 
tecnológico, acolhedor, diverso e com igualdade de oportunidades, o
Garoa Habitat de Inovação tem colocado em prática, desde o último 30 de março,
o Garoa Incubação Agro #Nordeste. A iniciativa faz parte de um ciclo de
inovação para o Agro e é co-realizada pela Embrapa Semiárido, pelo Serviço de
Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Pernambuco (Sebrae/PE) e a plataforma
Thinkr.

O Garoa Incubação Agro #Nordeste conta com a participação
de nove startups e empreendimentos criativos que foram selecionados entre 36
inscritos, provenientes de oito estados nordestinos. São elas: ACCF, Agrestech,
Agropech Digital, Culte, ELOG Brasil, Fala Agro, Fly Tech, Garoatec, Resolve Tech
e Mc Coco’s. 

As equipes estão desenvolvendo produtos e soluções inovadoras
voltadas para os setores de agricultura, agroindústria, produção animal e áreas
afins. Durante o Programa, são oferecidos workshops, atividades práticas,
mentorias, conteúdos digitais e meetups com potenciais empreendedores. O Garoa
Incubação Agro #Nordeste tem duração de oito meses, com término previsto para
dezembro de 2021.

Ao final da etapa, o Garoa Habitat irá realizar o evento
Demo Day, em que as startups incubadas apresentarão seus negócios para o
ecossistema, a imprensa e aos possíveis investidores, com o objetivo de
construir imagem e marca, gerar negócios e interesse para investimentos. Para
saber mais sobre o Garoa Habitat clique AQUI ou acesse: https://pe.garoahabitat.com/incubadora. (Com informações de Daniela Batista)  

QUER SABER MAIS SOBRE O CARTÃO DE TODOS? CLIQUE AQUI.

CLIQUE AQUI PARA SOLICITAR O SEU CARTÃO!

 

Sobre o Garoa Habitat 

O Garoa Habitat de Inovação surge no ano de 2020, com a
missão de transformar o cenário socioeconômico no interior do estado de
Pernambuco. Em 2021, o Garoa Habitat amplia seu eixo de atuação, chegando a
todos os estados do Nordeste, através de ações inovadoras, se propondo a
integrar os atores do ecossistema da região, com o fomento à criação de
tecnologias aplicáveis à localidade, por meio de metodologias de formação
empreendedora e criação de novos negócios. O trabalho é fortalecido por
instituições parceiras, distribuídas entre empresas, universidades,
associações, cooperativas e demais orgãos de incentivo à tecnologia e ao
agronegócio.