w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | segunda-feira, 17 de junho de 2013


Os beneficiários do Programa
Federal Minha Casa, Minha Vida, que vai contemplar 708 famílias de Garanhuns
através de empreendimentos construídos no bairro Francisco Figueira, a popular
Cohab 2, estão sendo convocados a comparecer na secretaria de Assistência
Social para acompanhar o seu processo de cadastro, visando realizar o sonho da
casa própria. 

De acordo com a assistente social
Ana Angélica, responsável pelo setor de habitação do Governo de Garanhuns, uma
das exigências da Caixa – órgão responsável pelo Programa – é que seja
realizada a atualização do Cadastro Único dos beneficiados. “Esse processo não
foi concluído pela gestão anterior, então precisamos que as pessoas compareçam
e realizem esse cadastro, pois se trata de uma das exigências para que as
pessoas recebam a Casa”, justificou a profissional em entrevista veiculada na
Rádio Jornal. 

Os pré-selecionados foram
divulgados após processo realizado pela Equipe Social da gestão Luiz Carlos, em
que foram relacionadas 920 famílias. A relação dos pré-selecionados foi
reavaliada pela atual equipe, chegando aos 708 beneficiados que deveriam
receber a Casa. A partir da divulgação, a Prefeitura convocou os contemplados a
comparecer a secretaria de Assistência Social para atualizar dados, todavia,
alguns ainda não compareceram para concluir o processo. 

“Todos têm que comparecer. O
prazo para o envio dessa documentação esta acabando. A primeira remessa já foi
enviada. A segunda estamos concluindo para enviar, mas precisamos que todos
compareçam para completarmos o quantitativo”, alerta Ana Angélica, que
complementa: “Foram 9 mil pessoas que se inscreveram(…); estamos dando um
prazo de quinze dias, caso essas pessoas não compareçam, nós temos outras
pessoas que se inscreveram e vamos reavaliar a condição social e resgatar outra
pessoa”, complementa. 
    

Vale salientar que as 708 habitações integram os
conjuntos habitacionais Manoel Camelo I e II e Castaínho, todos edificados nas
imediações do Centro de Zoonoses, na Cohab 2. A Caixa é o órgão responsável por
definir os contemplados definitivos, após ação de referência e cruzamento de
dados.