BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
domingo, 04 de agosto de 2019

 
Um celular usado pela equipe
do deputado Federal João Campos para divulgação de informações sobre o mandato
foi invadido nessa sexta-feira, dia 2. O hacker passou a usar a conta de
WhatsApp vinculada ao telefone.

Mas o filho de Eduardo Campos
não foi a única vítima dos Hackers na última semana. Prefeitos de Cidades do
Agreste Meridional e Deputados Estaduais também divulgaram que seus celulares
foram invadidos. 

Pelo menos quatro parlamentares prestaram queixa na Polícia em
relação a prática criminosa: Doriel Barros (PT); Joaquim Lira (PSD); Paulo
Dutra (PSB) e Sivaldo Albino (PSB). Os Prefeitos de Caetés, Armando Duarte
(PTB) e de Lajedo, Rossine Blésmany (PSD) também procuraram a Polícia para registrar terem
sido Vítimas do Crime.

Em todos os casos registrados, praticamente o mesmo modus operandi: criminosos enviando mensagens com o nome dos políticos,
solicitando transferência de recursos, alegando que precisaria fazer um
pagamento e o seu limite já estaria estourado. Também são questionadas
informações bancárias. Em nota, a Polícia Civil afirmou que “as
investigações (sobre os Deputados Estaduais e Prefeitos) serão presididas pelas
delegacias onde foram registrados os casos. Os métodos de investigação são
confidenciais. Foram instaurados inquéritos policiais para apurar cada caso e
identificar os autores”, pontuou a Polícia Civil.