BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
sábado, 17 de julho de 2021

Essa é destaque na Cena Política, de Igor
Maciel, no Jornal do Commercio:  

“O legislativo brasileiro
perdeu o respeito pelo povo brasileiro e pelas dificuldades que essa população
enfrenta todos os dias. Deputados e Senadores que chegaram, nos últimos anos, a
temer o Poder de manifestações nas ruas contra a corrupção e contra a política,
decidiram que o perigo passou.

Os exemplos estão em todos os
lugares e em todas as casas, do Vereador ao Senador. Uma pequena sequência de
absurdos que envolve apenas esta última semana: no Recife, vereadores estavam
felizes da vida com os celulares novos que iriam receber para seus gabinetes. A
licitação foi exposta pelo Blog de Jamildo

O gasto estimado no pregão era de quase R$ 2 milhões, com
a compra de 160 aparelhos para os 39 gabinetes. São quatro celulares para cada Vereador.
Mas, não era qualquer celular, tinha que ter acesso ilimitado à internet, tela
com 6″, leitor de digitais, câmera de no mínimo 12 megapixels, entre
outras exigências. Aí o Ministério Público de Contas entrou em ação e recomendou
que a compra não fosse feita. Depois de muita repercussão negativa, os nobres edis desistiram.

No mesmo dia em que os Vereadores foram obrigados a ficar
sem o “mimo eletrônico” deles, Deputados e Senadores que trabalham a
2 mil quilômetros de distância daqui, em Brasília, aproveitaram a votação do
orçamento para 2022 e empurraram um texto, lá dentro, aumentando de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões o fundo que vai ser utilizado por eles próprios
para fazer campanha eleitoral.

Já na sexta-feira (16), voltando a Pernambuco, o mesmo
Blog de Jamildo mostrou um adocicado contrato, dessa vez da Assembleia
Legislativa de Pernambuco. Os Deputados Estaduais estão gastando R$ 204 mil
para comprar bombons, adoçante, cafés e açúcar.

É caro, mas não é esse o maior
problema. A empresa com a qual a ALEPE fez o negócio é uma casa de Materiais de
Construção. O estabelecimento, que deveria vender cimento e vende bombons,
foi criado em 2019, em Caruaru, e tem capital social total de R$ 200 mil, nem
chega ao valor da compra. Num período de pandemia, com desemprego e inflação
assustando os pernambucanos, a ALEPE tem orçamento de R$ 600 milhões em 2021.

A derrocada da operação Lava Jato parece ter deixado os
políticos brasileiros tranquilos demais. Talvez seja a hora de agitar um pouco
as coisas outra vez. Tem gente que só funciona direito sob pressão”. Igor Maciel.
(Com informações do JC On-line. CONFIRA)

>>> NOVOS CURSOS DO SENAC 

CABELEIREIRO – 400H

– De Segunda a Sexta – Das 19 às 22h.

INVESTIMENTO – 12 x R$ 187,50 no cartão ou 6 x R$ 375,00 no boleto. 

Mais informações pelo WhatsApp ou ligue: (87) 99988-3934 / (87) 98874-8492. Acesse também www.pe.senac.br e saiba mais.