w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | quinta-feira, 15 de junho de 2017

 
O balanço dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) do
mês de maio trouxe à tona uma notícia nada animadora para os pernambucanos.
Apesar de o período ter sido menos violento do que o mês de abril deste
ano, com redução de 13,9% na média diária, os dados da Secretaria de
Defesa Social do Estado (SDS)
 revelam
que o último mês não foi só o mais violento em relação ao mesmo período no ano
passado, mas sim dos últimos cinco anos. Em maio de 2016, foram 319 casos
contra 457 neste ano. No geral, até agora em 2017, o Estado já contabiliza
2.495 casos de homicídios. Em 2016, neste mesmo período de cinco meses, foram
registrados 1.727 homicídios, o que representa um aumento de 44,4% no atual
período. De 2012 a este ano, pelo menos nos meses de maio, a taxa de CVLIs
aumentou. Em maio de 2016 foram 319 casos; em 2015, 311; em 2014, 322. 2013
apresentou 272 casos, enquanto 2012 teve 290.

Ainda segundo o balanço divulgado pela SDS, em maio, foram registrados
1.699 ocorrências de roubos de veículos, contra 1.780 em abril, representando
uma redução de 7,63%. Com relação aos furtos, a queda foi maior: 10,47% (556 em
maio contra 601 em abril). Na contabilidade dos bancos, não houve alteração nos
roubos a agências bancárias (2 para cada mês), arrombamentos a caixas
eletrônicos (também 2 em cada mês) e assaltos a carro-fortes (1 em maio e 1 em
abril). Nos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP), houve uma leve redução
considerando a média diária. Foram 326 ocorrências por dia no mês de maio,
contra 330 cada dia do mês anterior (queda de 1,48%).

AÇÃO POLICIAL – No período
de maio, considerando todas as modalidades criminosas, as polícias prenderam
3.009 pessoas, dos quais foram cumpridos 494 mandados de prisão, 2.062 em
flagrante delito e apreenderam 453 menores por atos infracionais.
(Com informações do JC Online e imagens de Divulgação. CONFIRA)

Clique AQUI para saber mais.