BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
quinta-feira, 09 de abril de 2020

 
Atualizada as 5h, de 09/04/2020: 


A Secretaria Estadual de Saúde
de Pernambuco (SES-PE) anunciou que até o meio-dia de ontem, dia 8, mais 49
novos casos da COVID-19, elevando para 401 o número de confirmações no Estado. Dos
401 confirmados, 189 estão em isolamento domiciliar e 134 internados (24 em
UTI/UCI). Outros 32 já estão recuperados.

Mais 12 óbitos pelo Novo
Coronavírus também foram confirmados, totalizando 46 até agora. Entre os 12
novos óbitos, 5 eram homens com idades entre 58 e 87 anos, e 7 mulheres 
entre 38 e 92 anos. Os pacientes faleceram entre os dias 1º e 7 de
abril.


Os
casos confirmados são de Recife (254), Jaboatão dos Guararapes (26), Olinda
(21), São Lourenço da Mata (15), Fernando de Noronha (14), Camaragibe (13),
Paulista (9), Cabo de Santo Agostinho (8), Paudalho (4), Vitória de Santo Antão
(3), Petrolina (3), Caruaru (3), Salgueiro (3), Moreno (2), Palmares (2),
Goiana (2), Arcoverde (1), Passira (1), Igarassu (1), Bom Jardim (1), Lagoa do
Carro (1), Catende (1), Belo Jardim (1), Cachoeirinha (1), Ipubi (1), Aliança
(1), Macaparana (1), Timbaúba (1), além de casos de outros Estados (4) e outros
países (3).


BOLETIM MUNICIPAL – O
Boletim Municipal emitido pela Secretaria de Saúde de Garanhuns, através da
Vigilância Epidemiológica, também não traz o descarte ou a confirmação de que a
causa morte do motorista de ônibus,
Edmilson Bahia de Andrade, falecido na última terça-feira,
dia 7, no Hospital Regional Dom moura tenha sido o Novo Coronavírus.

“Até
o horário de publicação deste boletim (21h, de ontem, dia 8), o resultado do
caso notificado que veio a óbito ontem (07/04) ainda não consta em nosso banco
de dados e, assim, seguimos no aguardo para transmitir informação baseada em
evidências”, publicou a Saúde Municipal. A expectativa é que o Centro de
Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS-PE), do Governo do Estado,
traga hoje, dia 9, o resultado do exame no material coletado junto ao paciente
Edmilson Bahia
de Andrade.