w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | quinta-feira, 03 de julho de 2014

O ex-deputado federal Pedro Corrêa, condenado no esquema
do mensalão, abriu mão do benefício de trabalhar fora do presídio para se
dedicar às atividades na vacaria no Centro de Ressocialização de Canhotinho,
onde se encontra detido desde janeiro. 

O ex-parlamentar foi autorizado pelo
Supremo Tribunal Federal (STF) a voltar a trabalhar como médico na Clinical
Armando Q. Monteiro, aqui em Garanhuns, porém ele informou ao diretor da
unidade prisional, Washington Gomes, que prefere continuar suas atividades
dentro da penitenciária. Corrêa é o responsável pela cocheira da Fazenda
Nascimento, que faz parte da vacaria do presídio.

“Não sei se ele vai voltar atrás na decisão, mas
por enquanto, disse que prefere continuar com suas atividades aqui”, informou
Gomes. A autorização para a saída do detento, inclusive, já está assinada por Ele. 


Segundo o diretor, o condenado cuida das instalações, da limpeza, contagem e
vacinação de 123 animais, entre vacas e bois. É ele quem faz as aplicações das
vacinas. A remuneração é de R$ 420, por mês, e ele também coordena outros
presos nessa função. Na clínica de propriedade do Prefeito Izaías Régis (PTB),
o salário estimado era de R$ 3,1 mil para o serviço como médico das 8 às 15h30mim.
(Com informações do Blog do Magno)