BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
quarta-feira, 26 de maio de 2021

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e Polícia
Militar de Pernambuco (PMPE) deflagraram, na manhã de hoje, dia 26, a Operação Águas
Limpas. 

Equipes do Grupo de Atuação Especializada de Combate às Organizações
Criminosas (Gaeco/MPPE) e do BEPI/PMPE estiveram em Águas Belas cumprindo dez
mandados de busca e apreensão em desfavor de oito pessoas físicas; uma empresa
e da Prefeitura de Águas Belas.

Segundo o coordenador do Gaeco Agreste, George Pessoa, a Operação
almeja colher documentos e equipamentos eletrônicos que possam contribuir com a
investigação de suposta fraude na contratação de obras públicas de
infraestrutura. Foram apreendidos aparelhos celulares dos indivíduos alvo da Operação
e os documentos referentes aos contratos firmados pelo Município com a Empresa investigada.
O Gaeco não revelou os nomes das pessoas físicas, nem da Empresa investigada.

A POSIÇÃO DA PREFEITURA – Através de Nota
publicada no Portal Agreste Violento, a  Prefeitura de Águas Belas registrou que a ação
do MPPE/Gaeco “teve como objetivo a cooptação de documentos e dispositivos de
armazenamento de dados para investigação de atos relacionados à Gestão Passada”,
e garantiu que a Municipalidade “está cooperando com a investigação e não tem
conhecimento sobre as causas da acusação”. (Blog do Carlos Eugênio, com informações
e imagens do MPPE)