BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
sábado, 03 de julho de 2021

Municípios brasileiros estão
negando que tenham aplicado doses fora da validade da vacina da AstraZeneca
contra a COVID-19. As administrações alegam que se trata de um erro no
sistema de informação do Ministério da Saúde. Levantamento da Folha de S.Paulo
com base em registros da Pasta tinha apontado que 26 mil doses vencidas teriam
sido aplicadas no País (relembre clicando AQUI).

Em Pernambuco, cidades como Garanhuns,
São João, Correntes, Bom Conselho, Capoeiras, Canhotinho, Águas Belas, Calçado,
Lajedo, Caetés, Jupi, Saloá e São Bento do Una
, todas localizadas aqui no Agreste Meridional, assim como Recife, Caruaru,
Ipojuca, Bezerros, Sirinhaém, Rio Formoso e Carnaíba, entre outros, já se
posicionaram, negando irregularidades.

Aqui em Garanhuns, a Secretaria de Saúde garantiu que não foram
aplicadas vacinas contra a COVID-19 fora do prazo de validade e que os lotes
recebidos foram aplicados em tempo hábil. Segundo a Pasta, “o lote 4120Z005 foi
recebido em 27 de janeiro, com 1.130 vacinas válidas até o dia 14 de abril de
2021, que foram aplicadas até o dia 5 de fevereiro. Já o lote 4120Z025 foi
recebido em 4 de março de 2021, com 110 vacinas válidas até 4 de junho de 2021,
que foram aplicadas até o dia 10 de março. Os dois lotes foram  destinados
para as primeiras doses de idosos com 85 anos ou mais”, registrou a Pasta em
Nota distribuída a Imprensa.

VACINA VENCIDA? O QUE FAZER? – Para saber se a vacina que você recebeu está nesta lista? Primeiramente é necessário verificar no cartão de vacinação qual o lote do imunizante aplicado em você. De acordo com as informações divulgadas hoje, os lotes vencidos seriam os seguintes: 4120Z001 – Vencimento em 29 de março; 4120Z004 – Vencimento em 13 de abril; 4120Z005 – Vencimento em 14 de abril; CTMAV501 – Vencimento em 30 de abril; CTMAV505 – Vencimento em 31 de maio; CTMAV506 – Vencimento em 31 de maio; CTMAV520 – Vencimento em 31 de maio  e 4120Z025 – Vencimento em 4 de junho. 

Conforme informações disponíveis no Plano Nacional de
Operacionalização da Vacinação contra COVID-19, quem tomou uma vacina fora do
prazo de validade deve tomar uma nova dose pelo menos 28 dias depois do
imunizante administrado de maneira errada. Se isso ocorreu com você, é
necessário que você se dirija até um posto de vacinação para que o Município
repasse orientações detalhadas sobre o procedimento a ser adotado no seu caso.