BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
sexta-feira, 08 de janeiro de 2021

Moradores do Distrito de São
Pedro vêm se expressando nas Redes Sociais contrários a possível saída do
Médico Ulisses Pereira, da Unidade Básica de Saúde daquela localidade. Dr. Pereira,
como é conhecido, já atua como Médico na Saúde Municipal de Garanhuns há quase 18
anos, tendo trabalhado nas administrações dos prefeitos Silvino Duarte; Luiz
Carlos de Oliveira e Izaías Régis.
 

Em contato o Médico
Ulisses Pereira, o Blog apurou que no último dia 30, antes mesmo de tomar posse, o Prefeito
Sivaldo Albino (PSB) esteve, juntamente com a secretária de Saúde, Catarina Tenório, e o secretário-adjunto de Saúde, Paulo Mendonça, reunido, informalmente, com profissionais do Município. Na ocasião, Sivaldo teria registrado que a Saúde
Municipal realizaria transferências dos Profissionais (Médicos e
Enfermeiros) que atuavam nas Unidades do Município. A meta seria dar uma nova Dinâmica ao Trabalho, com os Médicos e Enfermeiros passando a trabalhar em outras localidades.
 

Ao tomar conhecimento das
pretensões da Gestão Municipal, a comunidade de São Pedro se posicionou contrária e
passou a defender a permanência do Médico, que conhece a localidade e os
desafios de Saúde vivenciados naquele Distrito. “Houve a manifestação contrária,
inclusive a minha (…); vamos completar 18 anos de Saúde da Família e, por formação
e por experiência, conhecemos que é um dos fundamentos da estratégia do Saúde
da Família, a vinculação dos Profissionais ao território e a comunidade, o que
garante o conhecimento deste, visando um diagnóstico populacional e adequação
de tratamento”, pontou o Dr. Pereira, mostrando, ao comentar o assunto, ter conhecimento
detalhado das condições de saúde, das deficiências de assistência e dos
problemas sociais da comunidade de São Pedro.  

Sem citar em nenhum momento que
a decisão do Prefeito poderia ter motivações políticas, o Dr. Pereira ressaltou:
“somos técnicos! Não somos Militantes Políticos! A gente toma partido durante
as disputas porque a a gente é cidadão, e a gente tem lado! Mas a gente não é
político pago. Cabo eleitoral pago. A gente não é comprado, a gente tem um
palanque próprio, a cadeira do nosso paciente à frente do nosso birô ou quando
ele está sendo examinado, a nossa consulta informal ou a nossa visita domiciliar”,
registrou Dr. Pereira.
 

O Blog está à disposição do Prefeito
Sivaldo Albino, bem como de membros da Secretaria de Saúde para que possam dar
a sua versão quanto aos fatos registrados nesta reportagem.

CLIQUE EM PLAYER E CONFIRA
A POSIÇÃO DO MÉDICO ULISSES PEREIRA: