w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | quarta-feira, 08 de janeiro de 2014

Um grupo de 40 motoristas de ambulância que prestam
serviço para o Governo do Estado realizam um protesto, na manhã desta
quarta-feira (8), em frente à casa do governador Eduardo Campos, no bairro de
Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife. Eles protestam contra a demissão por
justa causa de 60 motoristas ocorridas desde dezembro de 2013.
O grupo está reunido em frente a residência de Campos
desde as 6h30, mas ainda não foi recebido pelo governador ou por qualquer outra
pessoa. Eles garantem que só deixaram o local após serem atendidos. No momento,
apenas a segurança pessoal de Eduardo está no local.
Segundo o grupo, as demissões em massa teriam tido o
objetivo de permitir a redução de salário dos motoristas; que passaria de R$
1.400 para pouco mais de mil reais. O primeiro grupo, composto por 21
motoristas, foi demitido no dia 3 de dezembro.

Segundo a categoria, o secretário estadual da Casa Civil,
Tadeu Alencar (PSB), teria dado uma entrevista à uma rede de televisão na época
e prometido que ninguém seria demitido, o que não se concretizou.

Outras duas manifestações já haviam ocorrido nos dias 4 e
27 de dezembro. O grupo promete continuar no local até ter uma resposta de
Eduardo.
(Com Informações do Blog de Jamildo)