BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
sexta-feira, 04 de junho de 2021

Um grupo de Comerciantes de
Garanhuns se articula para promover uma manifestação defronte a Prefeitura nesse
sábado, dia 5. A movimentação prevista para ter início às 10h, ganhou força
após o Governo do Estado prorrogar as medidas restritivas no Agreste Meridional
até o próximo dia 13, afetando diretamente nas vendas relacionadas ao Dia dos Namorados.

De acordo com informações
apuradas pelo Blog do Carlos Eugênio, a manifestação busca sensibilizar o
Prefeito Sivaldo Albino (PSB) para que não amplie as medidas restritivas locais,
sobretudo no tocante a proibição da comercialização de produtos via delivery. A
autorização para abertura de empresas dos segmentos de autopeças/oficinas; óticas;
material de construção; informática; frigoríficos, entre outras, bem como a
volta da realização das feiras livres e a reabertura do Mercado 18 de Agosto e da
CEAGA para comercialização de gêneros alimentícios, também integram a pauta das
reivindicações.

Já o Sindicato do Comércio
Varejista de Garanhuns; a Associação Comercial e Empresarial de Garanhuns e a Câmara
de Dirigentes Lojistas (CDL/Garanhuns) lançaram uma Carta Aberta à Sociedade em
que registram a necessidade de que seja levado em consideração que grande parte
das empresas atingidas pelas restrições são “microempresas, empresas de pequeno
porte e microempreendedores individuais, que não possuem condições financeiras
para suportar novos e recorrentes fechamentos principalmente próximo aos
períodos festivos”.

Assim como os comerciantes, as
entidades também defendem que a Prefeitura de Garanhuns reveja as medidas
restritivas, sobretudo referente a possibilidade “das atividades não essenciais
continuarem funcionando sem atendimento presencial, através de entrega em
domicílio ou coleta, buscando assim evitar o colapso econômico e social que se
desenha num futuro muito próximo”, registram as Entidades no texto publicado
nas mídias sociais. A Prefeitura de Garanhuns ainda não se pronunciou sobre assunto.