w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | sexta-feira, 10 de agosto de 2018

 
Depois que o pré-candidato ao Governo Estadual pelo PTB, o senador
Armando Monteiro, afirmou que a retirada do nome da vereadora Marília
Arraes (PT) da disputa ao Palácio do Campo das Princesas foi um golpe no PT de
Pernambuco, foi a vez de Júlio Lóssio (Rede) sair em defesa da petista.
Ex-prefeito de Petrolina e pré-candidato ao Governo Estadual, Lóssio disse que
o PT errou. 
“Marília seria a governadora de Pernambuco. Estávamos, inclusive,
conversando para ter uma chapa com ela e eu e seria o vice, mas eu estava
tentando convencer a Rede no âmbito nacional”, comentou Lóssio
durante entrevista à Rádio Cultura do Nordeste, em Caruaru. O PT retirou a
candidatura de Marília Arraes ao Governo de Pernambuco em troca de neutralidade
do PSB na corrida presidencial. “O PT é o partido da
esculhambação”, disse Lóssio.

Questionado se vai ter o apoio da Vereadora, Lóssio disse que Marília
precisa de um tempo para pensar. “A mulher que estava encantando o Estado
de Pernambuco, é retirada de maneira abrupta, não é fácil. Acho que o PT
errou”, disse. Júlio Lóssio apresentou, nessa quarta-feira, dia 8, o
empresário Luciano Bezerra como candidato a vice-governador de Pernambuco e a
advogada Adriana Rocha e o Pastor Jairinho como candidatos ao Senado.
(Com Informações do JC Online. CONFIRA)