w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | terça-feira, 22 de março de 2022

 

A 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns, sob comando da Delegada Tatiane Rossi, já desvendou mais de 55% dos crimes ocorridos no Município neste ano de 2022.

 

 

“Vale ressaltar que das 23 mortes ocorridas em Garanhuns neste ano, 13 delas já tem autoria definida (o que reflete em mais de 55% de resolução nos crimes desta natureza)”, registrou a Delegada, garantindo que as outras mortes seguem em investigação e os seus autores também serão desvendados e apresentados à Justiça.

 

 

Ainda segundo a Delegada Tatiane Rossi, a Delegacia de Homicídios já foram solicitados 42 mandados de prisão e de busca e apreensão de menores infratores. “Esperamos que todos sejam concedidos para que haja novas prisões e com isso, diminuamos ainda mais a criminalidade na Cidade, trazendo a paz necessária aos garanhuenses”, pontuou a Delegada.

 

 

Neste anos já foram realizadas duas Operações de Intervenção Tática, quando foram cumpridos 11 mandados de prisão e busca e apreensão de menores infratores envolvidos em crimes de homicídio, latrocínio e tráfico de drogas. Ainda segundo a titular da 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns, um dos fatores preponderantes aos crimes de homicídios tem sido a disputa territorial pelo tráfico de droga. “A Delegacia de Homicídios tem trabalhado em parceria com a Delegacia do DENARC, que também tem realizado um trabalho significante na cidade, realizando bastantes prisões nos últimos dias”, finalizou a Delegada Tatiane Rossi, que solicitou a participação da população, através de denúncias, para que mais crimes sejam desvendados. (Com informações e imagens do Portal Agreste Violento. CONFIRA)