BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
quarta-feira, 17 de março de 2021

]

A vereadora Magda Alves (PP)
relatou que vem sofrendo perseguições por sair em defesa das pessoas que
trabalharam na Prefeitura de Garanhuns entre os anos de 2015 e 2020 e que agora
terão que acionar a Justiça para receber as indenizações que fazem jus.

“Ontem (dia 16), recebi uma
notificação da OAB por exercício ilegal da profissão de
Advogado, uma vez que chegou até aquele Órgão, uma denúncia irresponsável de
que Eu, estaria divulgando que representaria essas pessoas perante a Justiça. Ocorre
que ainda não sou Advogada, mas posso contratar um profissional para
representar essas pessoas”, registrou a Parlamentar durante pronunciamento na
tarde de hoje, dia 17, na Câmara Municipal. “Já fizemos os devidos  esclarecimentos a OAB e vamos seguir firmes
no propósito de auxiliar essas pessoas, haja vista que muitas estão desempregadas
e precisam dos valores dessas indenizações, até mesmo para garantir o sustento
de suas famílias”, complementou Magda.

A inciativa de Magda em disponibilizar
uma assessoria jurídica para representar as pessoas interessadas em receber as
indenizações, veio após o Prefeito Sivaldo Albino (PSB) declarar durante
entrevista na Rádio Jornal Garanhuns que só pagará os valores aos quais os
ex-servidores contratados e comissionados tem direito via decisão judicial (relembre
clicando AQUI)
.

DIFICULDADES NA PREFEITURA – Ainda
durante seu pronunciamento na Câmara Municipal, a Vereadora Magda Alves chamou a atenção para o fato de que os ex-servidores não estão conseguindo sequer ter acesso aos documentos que
garantam a possibilidade de, “pelo menos”, ingressar na justiça em busca dos seus
direitos.

“A Secretaria de Administração vem dificultando o acesso
a documentos, como a ficha financeira dos anos trabalhados e cópias dos
contratos de trabalho, além, e principalmente, dos cálculos das indenizações
que cada cidadão faz jus. Estive visitando o secretário Acácio Godoy, que se
comprometeu em entregar as fichas financeiras e cópias de contratos àqueles
ex-servidores que buscarem a Secretaria. O Secretário também garantiu que
dentro de uma semana estará resolvendo o problema referente a realização dos
cálculos das indenizações”, registrou a Parlamentar, que cogita acionar o Ministério
Público e o Tribunal de Contas caso a irregularidade siga acontecendo. 

CLIQUE EM PLAYER E CONFIRA AS POSIÇÕES DA VEREADORA MAGDA ALVES: