BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
sexta-feira, 25 de outubro de 2019

 
Em Nota distribuída a Imprensa, a Secretaria Estadual da Fazenda,
por meio da Diretoria de Operações Especiais, informa que está realizando,
desde ontem, dia 24, uma Operação de Fiscalização junto a trinta postos
revendedores de combustíveis situados aqui em Garanhuns.
De acordo com o Órgão Estadual, até o momento, somente aqui
em Garanhuns, foram lavrados vinte e seis Autos de Infração e Apreensão,
totalizando o crédito tributário aproximado de R$ 300.000,00 (trezentos mil
reais). Dois postos revendedores foram interditados cautelarmente até a
regularização das irregularidades constatadas. Os nomes dos estabelecimentos interditados não foram divulgados. 

“Desde o início dos trabalhos no segmento, no último
sábado, já foram lavrados quarenta e cinco procedimentos fiscais, solicitados o
Bloqueio de dois postos revendedores de combustíveis, além da interdição
cautelar de três postos revendedores”, registrou a Secretaria Estadual da Fazenda,
em trecho da Nota distribuída a Imprensa. A Operação conta com o apoio da PMPE
e da II Diretoria Geral da Receita Estadual, por meio da Agência da Receita de
Garanhuns.

Clique AQUI e confira a Nota da Secretaria Estadual da Fazenda na Integra. 




NOTA A IMPRENSA
A Secretaria da Fazenda, por meio da Diretoria de
Operações Especiais está realizando, desde o dia ontem, operação de
fiscalização junto a trinta postos revendedores de combustíveis situados no
município de Garanhuns.
Somente em Garanhuns, até momento foram lavrados vinte e
seis Autos de Infração e Apreensão, totalizando o crédito tributário aproximado
de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais). Dois postos revendedores foram
interditados cautelarmente até a regularização das irregularidades constatadas.
Desde o início dos trabalhos no segmento, no último
sábado, já foram lavrados quarenta e cinco procedimentos fiscais, solicitados o
Bloqueio de dois postos revendedores de combustíveis, além da interdição
cautelar de três postos revendedores.
A operação conta com o apoio da PMPE e da II Diretoria
Geral da Receita Estadual, por meio da Agência da Receita de Garanhuns.