w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | domingo, 08 de janeiro de 2017


A hora do acerto anual de contas com o Fisco está chegando, e é preciso
que os contribuintes fiquem atentos para evitar problemas. A Receita Federal
divulgou o cronograma para a declaração do Imposto de Renda de pessoa física
deste ano. O prazo para a entrega começa em 2 de março e termina em 28 de
abril. Após essa data, haverá cobrança de multa.
O programa para a geração da declaração estará disponível no site da
Receita a partir de 23 de fevereiro, mas, em 20 de janeiro, já poderão ser
baixados os programas auxiliares: o Carnê Leão e Ganho de Capital e o Rascunho
da Declaração. O Rascunho é um aplicativo que possibilita ao contribuinte fazer
um esboço do documento a ser entregue. Já a tabela do IR, com as faixas de
renda e respectivas alíquotas de tributação, ainda será divulgada, bem como
informações como limite de isenção, deduções por dependentes e abatimentos
permitidos por conta de despesas com educação e saúde, entre outros itens. No
ano passado, precisaram apresentar declaração às pessoas que receberam acima de
R$ 28.123,91 em 2015. Embora não seja possível precisar o valor deste ano, as
dicas para o preenchimento da declaração não são diferentes.

MALHA FINA – Uma das mais simples, porém importantes
recomendações entre especialistas é estar com as documentações e informações
necessárias em mãos, sem deixar para procurar tudo na última hora. Para
preencher a declaração do IR, o contribuinte deve solicitar os informes de
rendimentos na empresa em que trabalha e nas instituições financeira na qual
porventura mantenha aplicações financeiras. Documentos referentes a transações
patrimoniais, como compras de imóvel ou carro, devem ser declarados. Pagamento
de pensões, despesas médicas e escolares também não podem ficar de fora,
sobretudo as que permitem abatimento do imposto. (Com informações do Diario de Pernambuco. CONFIRA)