w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | sábado, 22 de março de 2014

Fundado em outubro de 1961, o Hospital
Infantil Palmira Sales vem sendo reconhecido pela prestação de serviços do
Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2013, o Governo Municipal, por meio da
Secretaria de Saúde, firmou convênio com a referida instituição para a
realização de atendimentos de caráter ambulatorial e hospitalar. O relatório
anual mostra um total de 27.421 atendimentos em mais de 10 serviços.
A nova fase do hospital trouxe
um ágil atendimento com plantão 24h de obstetrícia, além do recebimento de
pacientes regulados, nos ambulatórios, para diversas especialidades médicas,
sendo elas: cirurgia geral, cardiologia, urologia, neurologia, dermatologia,
cirurgia pediátrica, pediatria, ginecologia e obstetrícia, endocrinologia,
ortopedia, geriatria, oftalmologia, pneumologia, fonoaudiologia e nutrição –
totalizando mais de 20 mil atendimentos no ano passado.
Tendo como diretora-presidente a
irmã Rita de Cássia, que juntamente com outras cinco irmãs cuida das demandas
administrativas, e como diretor-médico, Neilson Falcão, o Hospital Palmira
Sales dispõe de 66 leitos para o SUS, além de outras salas para suportes
específicos. “Nossa preocupação é sempre pelo bem-estar das pessoas. Aqui,
buscamos disponibilizar uma infraestrutura de qualidade aos pacientes”, pontua
a irmã Rita de Cássia.

Os outros procedimentos e exames
ambulatoriais somaram, de acordo com o Sistema de Informação Ambulatorial (SAI)
e Sistema de Informações Hospitalares (SIH), em 2013, cerca de 1.100
atendimentos. Já os serviços hospitalares mostram 1.696 cirurgias eletivas, 185
internamentos clínicos e 2.097 procedimentos obstétricos (parto normal,
cesárea, curetagens e atendimento a intercorrências obstétricos.

Para o secretário de Saúde de
Garanhuns, Harley Davidson, o objetivo de oferecer um serviço de saúde com
qualidade no Hospital Infantil, como popularmente é conhecido, foi alcançado.
“Podemos dizer que nosso relatório é bastante positivo. A mudança e as
adaptações são contínuas, principalmente quando falamos em saúde. Mas a nossa
busca é para isso, para a satisfação das pessoas em chegarem num hospital e
serem bem recebidos, com um atendimento que atenda, de verdade, a sua
necessidade”, comenta.