w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Pernambuco fechou o ano de 2017 com o recorde histórico de homicídios.
No total, oficialmente, foram 5.427 mortes. Destas, 3.062 aconteceram em
cidades do Interior. No entanto, são os municípios da Região Metropolitana do
Recife que estão entre os mais violentos e com maior número de assassinatos. A Capital,
naturalmente, lidera o ranking.

Em 12 meses, Recife registrou 791 mortes. É o pior resultado desde 2009,
quando foram contabilizados 818 homicídios. Apesar da promessa de investimentos
com apoio da Prefeitura, a capital não conseguiu atingir a redução esperada.
Pelo contrário, viu os números crescerem seguindo a tendência estadual.

Mas a escalada da violência não é uma particularidade de 2017. É que nos três primeiros anos da gestão do
governador Paulo Câmara (2015 a 2017), Pernambuco registrou, oficialmente, segundo
a Secretaria de Defesa Social, 13.795 homicídios. Se comparado com o mesmo
período do segundo mandato do ex-governador Eduardo Campos (2011 a 2013),
quando 9.928 mortes foram contabilizadas, houve aumento de 39% nos
assassinatos. O aumento significativo deu-se, segundo estudiosos no assunto, entre
outros motivos, à demora nos investimentos em efetivo policial e em ações de
combate às drogas. Desde 2011, incansavelmente, sindicatos e associações
ligados à segurança pública, denunciavam que profissionais estavam se
aposentando e eram necessários concursos, que só aconteceram nos dois últimos
anos. O resultado: 
delegacias fechadas à noite e nos fins de semana por falta de policiais
civis
, inquéritos acumulados por falta de delegados, insegurança nas
ruas porque não
há um número
suficiente de policiais militares.
CONFIRA OS NÚMEROS DA VIOLÊNCIA EM PERNAMBUCO
ENTRE OS ANOS DE 2011 E 2017:
2011 – 3.507 homicídios
2012 – 3.321 homicídios
2013 – 3.100 homicídios
2015 – 3.889 homicídios
2016 – 4.479 homicídios
2017 – 5.427 homicídios
Fonte: SDS
CONFIRA A LISTA DOS MUNICÍPIOS
COM MAIOR NÚMERO DE MORTES EM 2017:
Recife – 791
Jaboatão – 398
Caruaru – 262
Paulista – 223
Cabo – 198
Olinda – 163
Ipojuca – 139
Petrolina – 131
Vitória – 123
Igarassu – 92
Camaragibe – 92
Abreu e Lima – 71
Garanhuns – 61
Fonte: SDS

MELHORAR A SITUAÇÃO – A previsão é de que ainda no primeiro
semestre deste ano, esse cenário mude. “Teremos um reforço significativo
na Polícia Civil, com novos 140 delegados, 620 gentes e 90 escrivães, assim
como na Polícia Científica, que contará com mais 139 peritos criminais, 130
auxiliares de peritos, 73 auxiliares de legistas, 51 peritos papiloscopistas e
40 médicos legistas. No Corpo de Bombeiros, mais 300 homens e mulheres irão
concluir o curso de formação este ano”, disse Pádua.
(Com informações do JC Online. CONFIRA)