w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | segunda-feira, 04 de julho de 2022

 

O Governador Paulo Câmara  (PSB) anunciou, após reunião com o Gabinete de Crise, neste domingo, dia 3, que vai estender o Auxílio Pernambuco aos municípios da Mata Sul e Agreste atingidos pelas últimas chuvas. Ao todo, 29 cidades tiveram alagamentos e danos materiais provocados pelas precipitações do fim de semana.

 

 

O Auxílio Pernambuco foi criado pelo Governo do Estado para pagar uma parcela única no valor de R$ 1.500 para as vítimas das chuvas. Informações dão conta que o Estado já liberou R$ 112.362.514,12 para 74.907 famílias pernambucanas, vítimas das chuvas até o último mês de maio. Nesta nova etapa, já foi definido que o município de Correntes será contemplado com recursos na ordem de R$ 687 mil reais para atender as vítimas das chuvas dos últimos dias. Existe a expectativa que Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Canhotinho, Correntes, Garanhuns, Jupi, Lagoa do Ouro, Palmeirina e Saloá também sejam contemplados pelo Auxílio Pernambuco.

 

 

Balanço da Secretaria Executiva de Defesa Civil do Estado (Codecipe), registra, que, ao todo, 29 cidades foram atingidas, 1.085 pessoas desabrigadas (quem está em um abrigo) e 5.988 desalojadas (quem está na casa de um parente) em todo o Estado. As cidades do Agreste Meridional que registraram danos e prejuízos foram: Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Capoeiras, Canhotinho, Correntes, Garanhuns, Iati, Jurema, Jupi, Lagoa do Ouro, Palmeirina e Saloá. Até o momento, apenas Angelim, Bom Conselho, Caetés, Capoeiras, Correntes e Saloá encaminharam os Decretos Municipais de Situação de Emergência à Secretaria Executiva de Defesa Civil do Estado. Esse número pode subir, já que os Municípios ainda estão em fase de levantamento dos danos e prejuízos. (Com imagens de Hélia Scheppa e Djair Pedro/SEI)