w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | sábado, 01 de setembro de 2018

 
O Governo de Pernambuco informa
que “segue realizando os serviços de conservação de sua malha viária em todas as
Regiões”. Segundo material distribuído a Imprensa pela assessoria, na PE-071,
foram finalizados os trabalhos da operação tapa-buracos ao longo dos 30,1
quilômetros, no trecho que vai do entroncamento com a BR-232, em Gravatá, até
Amaraji, passando por Chã Grande. A ação beneficia diretamente mais de 127 mil
moradores daqueles três Municípios. A intervenção, que constava no cronograma de
serviços do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria
Estadual de Transportes, atende uma reivindicação da população local.
Mas enquanto os motoristas e
usuários daquela Região estão circulando pela PE-071 com melhores condições de
trafegabilidade, mais conforto e segurança, aqui no Agreste Meridional a
situação é caótica, bem diferente do que afirma o material distribuído pela assessoria de comunicação do Governo Estadual.
A PE 203, que liga Lagoa do
Ouro a Garanhuns está em péssimas condições. São apenas 15km de estrada, porém se não
fosse as ações paliativas realizadas pela Prefeitura, há muito tempo a Cidade estaria
isolada pelos buracos e pelas precárias condições de sinalização e conservação
da Rodovia, cuja responsabilidade é do Governo Estadual. 

“Isso aqui é uma
vergonha. São pouco mais de 14Km, e o povo de Lagoa do Ouro vêm sofrendo com a
pista nessas condições. Isso é terrível. É uma vergonha para o Estado”, pontuou
o vendedor Júnior Paulino, que reside em Lagoa do Ouro e trafega diariamente
pela Rodovia, em entrevista veiculada na TV Asa Branca.

Situação semelhante é
vivenciada pelos cidadãos que trafegam pelas rodovias estaduais que ligam
Lajedo a Ibirajuba (
PE-149) e
Canhotinho a Lajedo (PE 180), que também estão em condições bastante precárias.
O Blog está a disposição do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) para
publicar a sua versão quanto as informações trazidas nesta reportagem.