BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
quinta-feira, 27 de maio de 2021

Atualizada as 7h, de 27/05/2021: 

O servidor efetivo Edson
Bezerra de Melo, que exerce o cargo de Agente de Endemias na Prefeitura de
Garanhuns, desde o ano de 2008, manteve contato com o Blog do Carlos Eugênio para
relatar que a Prefeitura de Garanhuns vem, segundo Ele, “negando” a
possibilidade de ampliação em 5% na margem de empréstimos consignados, que estaria
amparada pela Lei Federal nº 14.131,
sancionada no último mês de março.

Segundo o Servidor, que
registrou já ter procurado a Secretaria de Administração e que “aguarda a
repercussão do assunto na Imprensa, para depois procurar o Ministério Público”,
a alegação da Gestão em não realizar o procedimento é “não querer endividar o Servidor”,
todavia, segundo Edson Bezerra a ampliação seria importante, justamente para ajudar os Servidores a sairem das dívidas. 

“Queremos o dinheiro (do empréstimo) justamente para sair das dívidas. Muitos
pagam juros a agiotas e querem esse dinheiro para se libertarem”, relatou o
Servidor Municipal (imagem acima), que enviou reportagens sobre a ampliação no Governo do
estado de Rondônia e nos municípios de Gravatá-PE e  Araguaína-TO. O novo percentual é válido para
quem contrair empréstimo até o dia 31 de dezembro deste ano em qualquer banco
que ofereça o serviço.

A POSIÇÃO DA PREFEITURA – Em resposta, a Prefeitura de Garanhuns apenas informou que a questão está “em
análise na Secretaria de Administração”, e que “por enquanto, existe a liberação
somente para o IPSG”, registrou em Nota encaminhada ao Blog.