BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
sábado, 30 de janeiro de 2021

A semana foi marcada por
despedidas e insatisfações em várias Unidades de Saúde e em dezenas de Escolas Municipais aqui
em Garanhuns. É que após decisão do Prefeito Sivaldo Albino (PSB) e
providências nas pastas da Educação e da Saúde, muitos profissionais foram
transferidos e até desligados dos seus postos de trabalho.

Como são todos concursados,
portanto efetivos, os Professores que deixaram a Gestão das Escolas foram
transferidos para outros Educandários. Enquanto isso, vários Enfermeiros foram
dispensados na última quinta-feira, dia 28, e todos os Médicos que atuam no
Programa Saúde da Família, foram instruídos a deixar os Postos de Saúde onde
trabalhavam nessa sexta-feira, dia 29, sabendo que a partir da próxima semana estarão
em outra Unidade. Nessa segunda-feira, dia 1º, está prevista uma reunião junto
aos Médicos para anunciar seus novos locais de trabalho.

EDUCAÇÃO NO MAGANO – No bairro
do Magano, a comunidade fez uma grande mobilização para homenagear o professor
Isaque Correia, que estava na direção da Escola Ranser Alexandre há 27 anos. “Hoje
nossa Escola perde um pai, um professor, uma enciclopédia de conhecimento da
comunidade do Magano. A você, Isaque, nosso agradecimento pelas diversas
gerações que ajudou a educar”, publicou um profissional de educação no perfil
da Escola no Facebook. Isaque passará a lecionar na Escola Municipal Manoel
Correia Evangelista, localizada no Sítio Cruz. A professora Dayanne Matias assumirá
a Gestão da Escola localizada na Praça Campos Sales. Além do Magano, outras
comunidades também contarão com novos Gestores Escolares a partir de fevereiro. Clique AQUI para
conferir a nova configuração dos Gestores das Escolas Municipais.

MÉDICO SE DESPEDE –
na Unidade de Saúde da Cohab 1 também teve despedida. É que o médico Adauto
Porto, depois de 13 anos atuando junto à comunidade, teria pedido demissão por não
concordar com o rodízio de profissionais instituído pela Secretaria de Saúde.
Na Unidade, segundo a servidora municipal Lucilene
Herculano
, oito profissionais deixaram o Posto de Saúde localizado
na Rua 1, dentre eles alguns demitidos. “
Como não ficar com o coração em pedaços? Nosso Médico que atuou por
longos 13 anos em nossa comunidade, se despediu de nossa Unidade (…); Porque
mexer nas equipes de saúde? Onde a comunidade tem confiança, elo e vínculo com
aquele profissional?”, indagou a Servidora em postagem no Facebook.


ENFERMEIROS DEMITIDOS – O
Distrito de São Pedro, localidade que depois de quase 18 anos também se despede
do Médico Ulisses Pereira, contemplou a demissão da enfermeira Raquel
Cavalcanti na última quinta-feira, dia 28, após ter trabalhado o dia inteiro
vacinando os idosos de 85 anos ou mais daquele Distrito contra a COVID-19. “Janeiro
tem sido, em São Pedro, Magano, Cohab 1, Manoel Chéu, Jardim Petrópolis e assim
vai…um mês de tristeza nas Comunidades. Ninguém diz ‘já vai tarde’, a maioria
chora, agradece, enfim… contrariados na sua vontade mais simples, perdem a
sua doutora, o seu doutor, a sua enfermeira, o seu enfermeiro… Esse ‘seu’ é a
prova inconteste, que pode avaliar: naquele território, a estratégia Saúde da
Família deu certo!”, analisou o Médico Ulisses Pereira ao comentar o
desligamento da Enfermeira em post no Facebook, onde finalizou dizendo: “a gente não é dono de posto, nem de nada! Até a nossa
Vida é presente e temporária! A gente ama o que a gente faz!”.

“NENHUM MÉDICO É DONO DE
POSTO DE SAÚDE –
“Nenhum Médico é dono de Posto de Saúde! E nós entendemos
que é preciso dar novos ares, novo ânimo, para que esse Médico também não fique
acomodado. Porque tem Médicos aí que estão há 10, 15, 16 anos no mesmo PSF”,
observou o Prefeito Sivaldo Albino, que complementou: “o argumento de dizer que fez um bom
trabalho, ótimo, então esse Médico ou Médica que fez um bom trabalho em
qualquer PSF, vai fazer em um que está precisando”, chamou a atenção Sivaldo,
em entrevista ao programa ‘O Arraiá do Gláucio Costa’, da Marano FM, ao
comentar o rodizio entre os Médicos, Odontólogos e Enfermeiros nas equipes das
Unidades Básicas espalhadas pela Cidade, Distritos e localidades rurais.


“MAIS UM NERO NO PODER,
DESLUMBRADO COM SUA PRÓPRIA INCOMPETÊNCIA” –
Ao comentar no Instagram uma postagem do Médico Ulisses Pereira sobre a
 decisão do Prefeito de Garanhuns em promover um rodízio dos Médicos nas
Unidades de Saúde de Garanhuns, o Professor Doutor, Francisco Passos, que é diretor
da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), mostrou-se triste
e envergonhado com os recentes acontecimentos na saúde de Garanhuns. “A escolha
política de Garanhuns mostrou-se equivocada. Mais um Nero no Poder, deslumbrado
com sua própria incompetência. Uma cidade tão linda, um povo tão hospitaleiro e
solidário merece uma Gestão Humanizada, ética, que promova laços, união. Chora
a democracia, a saúde pública, e todos que amam Garanhuns. Força amigo. Os
oportunistas passarão, rápido”, chamou a atenção o Médico, que é PHD em Saúde pela
Universidade de Brasília.

O Blog está à disposição do
Prefeito Sivaldo Albino, bem como das Secretarias de Educação e de Saúde para
publicar as suas versões e opiniões quanto aos fatos trazidos nesta reportagem.

EQUIPES GESTORAS – ESCOLAS MUNICIPAIS DE GARANHUNS –
2021
 

Amílcar da Mota (Michella Monteira)

Antônio Gonçalves – CAIC (Karine Kelly Siqueira)

Artur B. Maia (Ana Cláudia)

Cabo Cobrinha (Adriana Bezerra de Brito)

CEMEI Girlane Lira (Adriana Cordeiro)

CEMEI IBN (Jussara Iolanda Barros)

CEMEI João Pessoa (Liliane Soares)

Centro Social Monsenhor Callou (Conceição Freitas)

Colégio Pe. Agobar Valença (Roberta Faustino)

Creche Ezequiel (Valéria Barros)

Gabriela Mistral (Eivaldo Vieira)

General Sampaio (Juliene Ferreira)

Giselda Vieira Belo (Iakson)

Governador Miguel Arraes (Iranesse)

IPH (Ricardo de Siqueira Almeida)

Jaime Luna (Maria José)

José Brasileiro (Marilene Vieira da Silva)

Maria Tavares (Joelma Costa)

Mons. Tarcísio (Laene Vaz)

Pe. Dehon (Lucicleide Soares)

Prof. Letácio Brito (Maria Neide R Galindo)

Prof. Luiz Tenório (Josélia Dangelo)

Prof. Mário Matos (Alexandre José Cavalcanti Pessôa)

Prof. Petrônio Fernandes (Creuza Teles)

Profa. Amélia Maria (Adriana Patrícia)

Ranser Alexandre (Dayanne Matias)

São Camilo (Vanessa Rafaella)

São Francisco de Assis (Edjane Maria)

Silvino Almeida (Jadson Ferreira)

Nova 01 (Joyce Cristina)

Nova 02 (Simone Vanessa)

Julião Capitó (Carlos Barros)

Manoel Correia (Veronica)

Salomão Rodrigues (José Messias)

Vigília Garcia (Ivanise Bezerra)