BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
terça-feira, 08 de junho de 2021

A vereadora Magda Alves (PP) trouxe
a público nessa segunda-feira, dia 7, algumas denúncias, que segundo Ela foram
protocoladas junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE), acerca da
suposta prática de nepotismo, através da contratação de parentes de Secretários
Municipais aqui em Garanhuns (relembre clicando AQUI).

Dentre as contratações
registradas pela Parlamentar, que pediu a investigação do MPPE, está a designação
do servidor Samuel Vitorino da Silva para a função de Gestor do Cadastro Único
e do Bolsa Família do Município. Ele é esposo da secretária de Educação, Wilza
Vitorino, que para Magda Alves, de acordo com a Súmula Vinculante nº 13, pode se
configurar como nepotismo.  

Em postagem publicada no Facebook e no Instagram, a
secretária Wilza Vitorino não trouxe detalhes ou documentos, mas garantiu que a designação
de Samuel Vitorino para a função no Governo de Garanhuns não se configura como
nepotismo e cobrou responsabilidade por parte da vereadora Magda Alves.

“Senhora Vereadora, verifique os fatos antes de espalhar
calúnia em redes sociais. Antecipo, neste caso, que não cabe especulação (caso
vá ter esse argumento), pois está tratando com vidas e que não aceita calúnias.
Exerça seu papel com responsabilidade e veracidade. Não há prática alguma de Nepotismo.
Verifique os fatos. Meu esposo, Samuel Vitorino, está gestor municipal do
Cadastro Único e do Bolsa família no município de Garanhuns, mas não ocorre em
nepotismo. Busque os fatos reais”, registrou a Secretária, que garantiu: “todas as
ações levianas serão representadas nos órgãos competentes”, pontuou Wilza Vitorino. (Clique
AQUI e confira a posição da Secretária na Integra)

O Governo de Garanhuns ainda não se pronunciou sobre as
denúncias protocoladas pela vereadora Magda Alves junto ao Ministério Público
de Pernambuco. O Blog segue a disposição da Prefeitura, bem como dos servidores
municipais, para publicar às suas versões quantos aos fatos trazidos a público
pela Vereadora.  

“Caros colegas, amigos, familiares e garanhuenses


Hoje fui surpreendida como uma postagem no Facebook que foi encaminhada por uma
colega de trabalho.
Na referida postagem a vereadora trazia meu nome e do meu esposo, acusando de
nepotismo.
Srª Vereadora, verifique os fatos antes de espalhar calúnia em redes sociais.
Antecipo, neste caso, que não cabe especulação (caso vá ter esse argumento),
pois está tratando com vidas e que não aceita calúnias. Exerça seu papel com
responsabilidade e veracidade.
Não há prática alguma de NEPOTISMO. Verifique os fatos. Meu esposo, Samuel
Vitorino, está gestor municipal do Cadastro Único e do Bolsa família no
município de Garanhuns, MAS NÃO OCORRE EM NEPOTISMO.
BUSQUE OS FATOS REAIS.
Além de postar em suas redes, ainda vai a live LEVANTAR, junto com os demais
presentes, SUSPEITAS DE NOSSA DIGNIDADE E MORAL.
Informo ainda, aos interessados, que meu esposo é pastor em exercício.
Sempre lutei e luto pelas coisas corretas e justas e, minha bandeira sempre
será a Educação de Qualidade. No GOVERNO DO PREFEITO SIVALDO ALBINO estamos
vendo a EDUCAÇÃO SENDO PRIORIDADE POLÍTICA e, muito além, estamos participando
de maneira efetiva.
Parem de atitudes levianas, de lançar ao vento tantas inverdades e atacar a
vida pessoal de minha família.
Quanto a pasta que estou em atividade estou à disposição para tratar com
qualquer cidadão e cidadã que chegar com ética e respeito, pois serão recebidos
com respeito e cordialidade. Se há prática de forma ilícita em vossas vidas com
dinheiro público NÃO AS TRANSFIRAM PARA MIM. Sempre estive e estou pautada no
que orienta a PALAVRA DE DEUS.
Somos servidores públicos e estamos para servir.
#Todas as
ações levianas serão representadas nos órgãos competentes.
Busquem saber como era e como está sendo a Educação em apenas 5 meses de gestão
, mas não esqueçam: perguntem a pessoas sérias e que se interessam pela
educação como causa social e não como meio de manutenção de status e ganhar
dinheiro.
No mais, me coloco em oração diante de Quem cuida de mim e não dorme.
Professora Wilza Vitorino”.