BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Um dia histórico para
Garanhuns. Depois de quase um ano de Pandemia, enfim surge uma esperança de voltarmos
a viver normalmente sem o risco da contaminação pelo Novo Coronavírus e
complicações da COVID-19. Hoje, dia 20, foram administradas as primeiras doses
da Coronavac no Município.  

Coube a idosa Thereza Maria da
Conceição, de 104 anos, residente do Abrigo São Vicente de Paulo, receber a
primeira dose do imunizante. A técnica em enfermagem, Maria Sueli da Silva, de
52 anos, que atua na saúde há 38 anos, foi a primeira aplicadora e também a primeira
profissional de saúde do município a ser imunizada. O momento foi vivenciado na
tarde de hoje, no do Abrigo São Vicente de Paulo, que foi escolhido pela Prefeitura
como ponto de partida da vacinação.   

PLANO DE VACINAÇÃO – Em coletiva realizada na manhã
de hoje, dia 20, foi apresentado o Plano de Vacinação contra a COVID-19, aqui
em Garanhuns. 

De acordo com a secretária de
Saúde, as 2.880 doses destinadas ao Município serão administradas junto aos
profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à doença. Além
deles, serão vacinados idosos e pessoas com deficiência institucionalizados (Residência
Terapêutica). Cada vacinado receberá duas doses.

Nessa primeira etapa, a vacinação
contemplará profissionais que atuam na Unidade de Tratamento COVID-19 (Cohab
2); no Centro de Atendimento e Enfrentamento à COVID-19; nos Hospitais Palmira Sales
e Monte Sinai; na Residência Terapêutica, inclusive pacientes; bem como os profissionais
do SAMU. A vacinação que começou na tarde desta quarta-feira, e beneficou os idosos e cuidadores do Abrigo São Vicente de Paulo, se estenderá por oito
dias para que todos os profissionais de saúde sejam imunizados. A segunda dose
será aplicada entre duas e quatro semanas da primeira imunização.

Segundo a secretária Catarina Tenório
nessa primeira etapa, bem como nas etapas seguintes que será desencadeada com a
chegada de mais doses do imunizante, a vacinação vai acontecer “in loco”, ou seja:
a Secretaria de Saúde vai até o Profissional de Saúde, bem como aos Idosos para
administrar a vacina. 28 aplicadores foram capacitados para realizar o serviço.
Tenório também garantiu que fará a fiscalização, pessoalmente, para que as
vacinas cheguem apenas aos Grupos Prioritários preconizados pela Secretaria
Estadual de Saúde.
 

CLIQUE EM PLAYER E CONFIRA
A ENTREVISTA DA SECRETÁRIA DE SAÚDE, CATARINA TENÓRIO, AO REPÓRTER FELIPE
FERREIRA, DA RÁDIO JORNAL GARANHUNS: