BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

 
O Portal Agreste Violento traz a informação de que na manhã
de ontem, dia 21, por volta das 10h30min, policiais do GATI prenderam uma dupla
de suspeitos, após perseguição e tiros no bairro do Magano, aqui em Garanhuns.
Ao realizar rondas pela Cidade, o GATI/9º BPM se deparou com
dois indivíduos conduzindo uma motocicleta em atitude suspeita pelo bairro do
Magano. Logo que perceberam a presença dos Militares, a dupla empreendeu fuga
em alta velocidade, desobedecendo a ordem de parada dos Policiais.
De acordo com a PM, foi realizado o devido
acompanhamento, momento em que o carona efetuou dois disparos de arma de fogo
em direção ao Policiamento. Após terem percorrido diversas ruas, os indivíduos
perderam o controle da motocicleta e caíram na Rua Julião Cavalcante, nas
proximidades da Escola Francisco Madeiros (CERU), sendo presos em flagrante. Os
suspeitos são Marcos Antônio Ferreira do Nascimento, 20 anos, residente na 2ª
Trav. Padre Cícero, no bairro Nossa Senhora das Graças, em Gravatá-PE (que
pilotava a moto); e Osvaldo Victor Rodrigues Lacerda, 19 anos, morador da Trav.
Nossa Senhora do Carmo, no bairro São José, aqui em Garanhuns. Osvaldo tentou
empreender fuga a pé, mas também foi preso.
“Ainda segundo a PM, durante a ação, o Policiamento foi
obrigado a revidar os disparos contra o efetivo policial, ocasião em que o
Osvaldo Victor foi ferido em uma das pernas, por um disparo de arma de fogo,
sendo socorrido ao Hospital Regional Dom Moura, onde após ter sido medicado foi
liberado. No bolso dele foram encontradas três munições de calibre 9mm”,
pontuou o Agreste Violento em sua publicação.
Os suspeitos foram encaminhados a Delegacia de Polícia
Civil, onde foi encontrado um mandado de prisão em aberto, por crime de tráfico
de entorpecentes, contra o Osvaldo Victor. A motocicleta usada na fuga, uma Honda
160 Start, cor vermelha e placa PDJ-7456, apresentava queixa de roubo. Também foi
apreendida uma quantia de R$ 810,00 e um relógio com os suspeitos. “A Polícia informou
ainda que durante a tentativa de fuga, os suspeitos se desfizeram da arma usada
para atirar na equipe policial. Foram realizadas buscas na localidade numa
tentativa de localizá-la, mas não se obteve êxito”, registrou o Portal Agreste Violento.

SAIBA MAIS SOBRE AS INSCRIÇÕES CLICANDO AQUI