w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | domingo, 06 de outubro de 2013

Garanhuns
perdeu na noite de ontem, dia 5, um dos Prefeitos mais atuantes de sua
história. Amílcar da Mota Valença, que Governou o Município por duas ocasiões e
também exerceu o cargo de Vereador por três mandatos, faleceu aos 98 anos, às 23 horas deste
sábado, no Hospital Perpetuo Socorro, para onde foi levado após sentir-se mal em sua residência.



Integrante
de uma das famílias tradicionais de Garanhuns, Amílcar se notabilizou por
estruturar o distrito de São Pedro, onde residia nos últimos anos, além de ter
viabilizado obras importantes para a cidade, como construção do Mercado 18 de
Agosto, CEAGA e o Colégio Municipal Padre Agobar Valença. Foi durante uma das
administrações de ‘seu Micá’ – como era conhecido pela população -, que o 71º
BI Mtz (Batalhão do Exército Brasileiro) se instalou no Município. 



A implantação
da Faculdade da Administração de Garanhuns (FAGA) que depois viria a se tornar
a AESGA também aconteceu durante as gestões do histórico Governante, assim como
a urbanização das principais ruas e avenidas da Cidade, entre outras ações de destaque e que tanto contribuíram para o desenvolvimento de Garanhuns.



De acordo
com familiares, Amílcar da Mota Valença nasceu em Garanhuns no dia 19 de maio
de 1915 na antiga casa nº 34 da Praça João Pessoa, onde atualmente está
localizado o Empresarial Mauro Lima.
 Amílcar foi Prefeito de Garanhuns de
1963 a 1968 e de 1973 a 1976. Antes disso exerceu três mandatos de Vereador.



O Governo Municipal decretou luto oficial de três dias. O Corpo de Amílcar da Mota Valença esta sendo velado na Câmara de
Vereadores de Garanhuns e o sepultamento acontece às 17 horas no Cemitério São
Miguel.