BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

A aliança entre PSB e PT, que
resultou na vitória de Sivaldo Albino e Pedro Veloso nas eleições majoritárias
aqui em Garanhuns, dá os primeiros sinais de desgaste. É que justamente na hora
da composição do novo Governo, membros da legenda petista, em nível local, vem
declarando estarem sendo preteridos, enquanto que o deputado Estadual Doriel Barros
(PT), presidente estadual do PT é prestigiado pelo Prefeito Diplomado Sivaldo
Albino (PSB).

Uma nota assinada pelo Vice-prefeito
Diplomado Pedro Veloso (PT), e dirigida, internamente, aos membros do Partido em
nível local, foi enviada ao Blog do Carlos Eugênio por Pedro Passos, que foi
candidato a vereador pelo PT nas eleições passadas. No texto, Pedro Veloso
informa aos petistas de Garanhuns que após a vitória nas urnas, o Deputado
Doriel Barros vem cobrando de Sivaldo Albino espaço na composição do novo Governo.
 


“Uma vez vitoriosos numa
campanha desacreditada em que efetivamente tivemos participação com as nossas
bandeiras na vitória por apertados 1600 votos (foram 1.854), qual foi a minha
surpresa quando o deputado Doriel Barros vem cobrar do prefeito eleito espaço
na composição de governo, alijando do processo o Diretório Municipal, espero
que não mancomunado em obsceno conluio com o prefeito eleito Sivaldo Albino, a
quem efetivamente se espera seja o honesto cumpridor dos acordos firmados”,
registrou Pedro Veloso no texto distribuído aos membros do PT/Garanhuns e vazado
para a Imprensa.


Em contato com o Blog, Pedro
Passos, que obteve 155 dos 3.273 votos conquistados pelos Candidatos a Vereador
do PT, ainda registrou que “Sivaldo foge do diálogo com o PT pra não cumprir
com acordos firmados na construção da aliança!”, e alertou: “com essa atitude
pode empurrar o PT para oposição!”. Indagado pelo Blog se Sivaldo já havia afirmado
ou sinalizado que atenderia o Deputado e não cumpriria os acordos com o PT local,
Passos registrou: “sim, tem evitado conversar. Já marcou duas vezes com Pedro
Veloso mas não aparece, e insiste em atender o deputado Doriel, com isso
esquece os compromissos assumidos aqui!”, registrou Pedro Passos. Antes de Passos,
o também petista Geraldo Lucena, que teve 302 votos nas últimas eleições, também
já havia sinalizado, em lives, estar sendo preterido na composição do Governo
Sivaldo Albino.

O Blog entrou em contato com o Vice-prefeito
Diplomado Pedro Veloso para checar se a Nota teria sido, realmente, assinada
por Ele. Veloso confirmou que sim, todavia, garantiu que “a nota foi dirigida
às instâncias internas por situação particular que estamos vivendo com o
Diretório Estadual do PT”, e complementou, garantindo que “não temos motivo pra
crer, até o momento, que exista problema algum na construção da nossa aliança
com o PSB e com o prefeito eleito Sivaldo Albino, com quem mantenho uma relação
amistosa e de respeito”, pontou Pedro Veloso.
 

O Blog do Carlos Eugênio também
manteve contato com o Prefeito Diplomado Sivaldo Albino (PSB), mas ele preferiu
não se posicionar sobre o assunto, todavia garantiu que as informações de Pedro Passos não procedem e que vem dialogando com o PT, tanto na esfera estadual,
quanto na local, através da presidente Lucimar Oliveira e do Vice-prefeito
Diplomado Pedro Veloso.  

Clique AQUI para conferir a
Nota assinada pelo Vice-prefeito Diplomado Pedro Veloso (PT) na Integra.

 

Amigos e amigas, companheiras e companheiros.

 

Assistindo um vídeo do Presidente Lula que falava dos
“amigos” que abandonaram o Partido dos Trabalhadores quando fomos
atacados, caluniados e presos, modestamente, fiquei orgulhoso. Muito embora
tenha sido sempre um militante das esquerdas e eleitor do PT, apenas me filiei,
pelo Diretório Nacional, após as eleições de 2018 quando o fascismo tomou o
país e percebi que precisava me posicionar mais claramente. Parecia o pior
momento do PT. Perdida a eleição, o Presidente Lula preso e eu ratificando as
posições do Partido.

 

E não estava só, muitos de nós também nos filiamos
naquele momento e nos unimos com o objetivo de, praticamente, reconstruir o
partido em Garanhuns. Construímos uma chapa, disputamos o PED e ganhamos com
mais de 70% dos votos, tendo Lucimar Oliveira como nossa presidenta. Esse novo
diretório municipal também construiu uma chapa majoritária e proporcional para
as eleições de 2020. Dezoito candidatos e candidatas a vereadores e vereadoras
de todos os bairros da nossa cidade e todos os extratos sociais, legítimos
representantes do nosso povo e dos nossos ideais e a construção de uma chapa
majoritária que orgulhosamente fiz parte, coisa que nunca na nossa história
partidária havia acontecido.

 

Nos envolvemos numa pré-campanha pobre que em um momento
de pandemia nos tirou mobilidade, visibilidade. Entretanto os interesses, hoje
sabemos, particulares do presidente do partido, Doriel Barros e seus próximos,
que nunca contribuíram para nosso Campanha, não reconheceu nossa candidatura,
assim como a comissão examinadora da Nacional, nos entregando ao PSB para
aliança sem qualquer contrapartida. Ficamos na situação de, para não prejudicar
a chapa proporcional nem as expectativas dos que em nós acreditavam como
alternativa de Governo,  negociarmos uma
posição com o PSB que nos trouxesse algum crescimento político ou
judicializaríamos o processo e impediríamos a Coligação. Negociamos o Vice-prefeito
da chapa e posições que, vitoriosos, poderíamos contribuir efetivamente para um
governo inclusivo, participativo e orientado para os mais necessitados da nossa
Cidade.

 

Uma vez vitoriosos numa campanha desacreditada em que
efetivamente tivemos participação com as nossas bandeiras na vitória por apertados
1600 votos, qual foi a minha surpresa quando o deputado Doriel Barros vem
cobrar do prefeito eleito espaço na composição de governo, alijando do processo
o diretório municipal, espero que não mancomunado em obsceno conluio com o
prefeito eleito Sivaldo Albino, a quem efetivamente se espera seja o honesto
cumpridor dos acordos firmados. Pois, em Garanhuns, o Partido dos Trabalhadores
somos nós, que possuímos a credibilidade e legitimidade dada pelo voto popular
e estaremos SEMPRE na vigilante resistência ao fascismo, aos saqueadores dos
interesses e da moralidade públicas estejam eles na Presidência do Diretório
Estadual do PT, em Pernambuco, ou onde quer que estejam.

 

Pedro Veloso

Vice-prefeito eleito de Garanhuns pelo Partido dos
Trabalhadores.