BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
domingo, 11 de agosto de 2019

Estudantes e trabalhadores
ligados à educação marcaram para a próxima terça-feira, dia 13, uma nova
manifestação contra medidas do governo Jair Bolsonaro (PSL), como o contingenciamento
de verbas de universidades federais
 e a reforma da Previdência.
De acordo com a Confederação
Nacional dos Trabalhadores em Educação haverão atos em Recife, Caruaru, Arcoverde,
Petrolina e aqui em Garanhuns, cuja concentração será na Praça Souto Filho, a
Fonte Luminosa, a partir das 8h.

Segundo a União Nacional
dos Estudantes (UNE), além de protestar contra os cortes, a manifestação é
contrária ao projeto Future-se, lançada em julho pelo Ministério da Educação
(MEC). O objetivo, segundo a Pasta, é de estimular a captação de recursos pelas
próprias Universidades, através de parcerias com organizações sociais, outras
instituições e com a União. A proposta ainda não foi apresentada ao
Congresso Nacional e há uma 
consulta
pública
 aberta até a próxima quinta-feira, dia 15. “Nossas universidades
pedem socorro e só nossa luta organizada poderá dar resultados”, afirma
o presidente da UNE, Iago Montalvão, no site da entidade.

Essa é a terceira manifestação
organizada por estudantes contra cortes de recursos na área de educação.
primeiro
protesto foi no dia 15 de maio
 e o segundo duas
semanas depois
. Além disso, houve uma paralisação
contra a reforma da Previdência no dia 14 de junho
.
(Com
informações do NE10. CONFIRA)