BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
sexta-feira, 27 de março de 2020

O diretor Médico do Hospital Regional
Dom Moura, Dr. Paulo Mendonça, concedeu entrevista ao programa “O Arraiá do
Gláucio Costa, na Marano FM, na manhã de hoje, dia 27, quando esclareceu os
procedimentos adotados nos casos de Síndrome Gripal e de Síndrome Respiratória
Aguda Grave, que já foram registrados aqui em Garanhuns e em outras cidades da
Região.

O Médico também pontuou a
estrutura que está sendo preparada para atender os casos de COVID-19, que
vierem a ser confirmados no Agreste Meridional. “Nós estamos com dez leitos
prontos de UTI, esperando chegar apenas os respiradores; mais dez leitos de
retaguarda para os pacientes que precisam ficar internados, mas não entubados.
Estamos com mais dez leitos separados de pediatria. O Estado está preparando a
UPAE, com mais dez leitos de UTI e mais vinte leitos de retaguarda para internamento
e a Prefeitura de Garanhuns se comprometeu em reformar o prédio da UPA 24 horas
e entregar ao Estado para que a gente possa colocar mais dez leitos de UTI e
mais leitos de retaguarda”, explicou o Dr. Paulo Mendonça, estimando que a expectativa
é que “até o dia 4 de abril, o Dom Moura estará pronto” já com os respiradores,
alertou.

O Médico também confirmou a
informação repassada pela Secretaria de Saúde de Garanhuns de que a Cidade registrou
a primeira notificação para Síndrome Respiratória Aguda Grave e que 42 pessoas
se encontram em monitoramento domiciliar com sintomas de Síndrome Gripal. Ainda
segundo o Dr. Paulo Mendonça, o paciente notificado com a Síndrome Respiratória
Aguda Grave não está internado no Dom Moura e sim numa Unidade de Saúde
Particular da Cidade, porém não registrou o nome do Hospital.  

CLIQUE EM PLAYER E CONFIRA
A ENTREVISTA DO DR. PAULO MENDONÇA: