BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
domingo, 11 de abril de 2021

A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, aqui em Garanhuns,
emitiu Nota ao Público referente a circulação de um áudio via redes sociais,
que relata uma suposta ocorrência de crime de estupro contra uma Criança de
apenas 6 meses de idade, aqui em Garanhuns. Confira:

“NOTA AO PÚBLICO – 9ª DELEGACIA ESPECIALIZADA DE ATENDIMENTO À MULHER EM
GARANHUNS
 

Tendo em vista que tem circulado nas redes sociais a história de que um
criança de apenas 06 meses teria sido abusada pelo próprio pai nesta cidade de
Garanhuns, e em razão de em um dos áudios que estão circulando citar que o pai
da criança estaria sendo procurado pela polícia, a 9ª Delegacia Especializada
de Atendimento à Mulher em Garanhuns vem a público esclarecer o seguinte:
 

Chegou ao conhecimento da Delegacia que uma parente da criança havia
achado uma roupa rasgada da criança no lixo e que essa roupa estaria manchada,
tendo essa parente achado que seria sangue. Ela procurou a Polícia para relatar
a suspeita. Diante disso, imediatamente a criança foi submetida a exame no
Hospital Dom Moura, o qual descartou qualquer violência contra a criança.
 

A criança ainda foi submetida a um segundo exame no IML de Garanhuns,
onde não foram verificadas lesões corporais, e passará por um exame
complementar para esclarecer se houve ou não lesões na genitália da criança. A
roupa da criança foi enviada para perícia para verificar se as manchas são de
sangue ou de alguma substância que estava no lixo junto com a roupa.
 

Assim, a 9ª DEAM vem afirmar que já está acompanhando o caso, bem como
desde o início tem atuado com a máxima urgência que o caso requer, e que no
momento não há elementos para conclusões precipitadas. Deste modo, vem a
público pedir que a população não se deixe levar por boatos. Todas as
informações relevantes acerca da atuação da Delegacia são divulgadas pelos
órgãos de imprensa da região.
 

Qualquer notícia de crime, a orientação é sempre procurar a Delegacia. (9ª
Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Garanhuns)”.
(Com informações do Portal Agreste Violento)