w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | terça-feira, 19 de dezembro de 2017

 
Aos 91 anos, a professora e
escritora, Luzinette Laporte de Carvalho, motivo de orgulho para Garanhuns e
uma dos principais nomes da Literatura de Garanhuns, faleceu na noite de ontem,
dia 18, por volta das 22h, no Hospital Monte Sinai, aqui em Garanhuns. Ele
estava completando 91 anos, justamente na data do seu falecimento.

Nascida na cidade de Catende,
Luzinette se mudou ainda muito jovem para Garanhuns, onde fez o curso
ginasial e o pedagógico no Colégio Santa Sofia e o científico no Colégio
Diocesano. A decisão de dedicar sua vida à educação e, posteriormente,
também à literatura, fez a futura escritora mergulhar no mundo
do conhecimento, realizando, entre outros cursos, os de Administração
Escolar, Francês, Português, Sociologia e Supervisão Rural.
Sua densa e ampla bagagem
cultural possibilitou que exercesse relevantes cargos públicos, como os de
secretária de Educação de Garanhuns e diretora do Departamento Regional de
Educação (Dere), e se tornasse colaboradora de importantes publicações
de Pernambuco e da região Sudeste. Mas foi como escritora que mais se
projetou, devido a livros como ‘Um amor de mulher’ (publicado pela Editora
Vozes, de Petrópolis), ‘A menina que falava com as coisas’ (editado cinco
vezes pela Vozes e relançado pela Cepe Editora) e ‘O homem com girassóis
no olhar’ ( título premiado pela Academia Pernambucana de Letras). Ela tem
assento na Academia de Letras de Garanhuns.
Bastante homenageada, sobretudo pelo SESC/Garanhuns, ela nomeou a II
Bienal Internacional do Livro do Agreste Meridional, em 2014; recebeu
os “louros” da edição de 2013 do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) e teve
sua contribuição à cultura pernambucana exaltada na Festa Literária
Internacional de Pernambuco (Fliporto), tendo sido sempre alvo de distinções em
várias partes do Estado.



O corpo da professora e
escritora, Luzinette Laporte de Carvalho está sendo velado no Mosteiro de São Bento,
localizado nas imediações do Colégio Diocesano de Garanhuns. O Prefeito Izaías Régis emitiu uma Nota de Pesar e 
decretou luto oficial de três dias no Município.