w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | quinta-feira, 05 de junho de 2014

Foi
realizada na manhã de hoje, dia 4, a entrega oficial das chaves das 212
unidades do Residencial Castainho, no bairro Francisco Figueira (Cohab 2).
 O empreendimento do Programa “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo
Federal, recebeu investimento de mais de R$ 9 milhões, com recursos do Fundo de
Arrendamento Residencial (FAR).
O evento contou com a presença do Prefeito Izaías
Régis (PTB), que falou da sua satisfação em participar da entrega. “Estou
muito feliz como prefeito do município de poder ver garanhuenses realizando
esse sonho. Parabenizo a cada uma das 212 famílias que neste momento estão
recebendo as suas casas. Aproveitem essa chance e cuidem do que é de vocês,
cuidem bem do condomínio pra que possam viver sempre em harmonia. O Governo
Municipal se fará sempre presente onde estiver o interesse da população”,
destacou o Gestor.
Na ocasião, o superintendente da Caixa
Econômica Federal, Denis Matias, parabenizou os beneficiários com o
empreendimento. O mesmo aproveitou o momento para falar da construção de novas
casas, ainda este ano, com o apoio do Governo Municipal. “É um momento de muita
alegria, é uma conquista muito grande pra todos nós. Parabenizo toda a
Prefeitura pelo apoio incondicional que deu a Caixa. Faremos ainda esse ano
mais de 450 casas graças à Prefeitura de Garanhuns que está providenciando a
doação de um terreno. Que nós possamos sempre fazer juntos a diferença na vida
do povo dessa cidade. Enquanto existir uma família necessitada, que a gente
consiga conquistar mais recursos federais pra trazer mais dignidade a essas
pessoas. Parabenizo também a Secretaria de Assistência Social pelo trabalho
fantástico que fez, com a etapa de identificação das famílias e das assinaturas
dos contratos. De agora em diante o apoio de toda a Secretaria será importante
para a convivência e o crescimento de todos os moradores,” ressaltou.

Os 212 apartamentos são divididos por 53
blocos contendo, dois quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço. Desse
total, 24 unidades são adaptadas para Portadores de Necessidades Especiais
(PNE). Os apartamentos são avaliados em R$ 41 mil.