BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
quinta-feira, 04 de fevereiro de 2021

A Câmara de Vereadores de
Garanhuns retoma as atividades de plenário hoje, dia 4, a partir das 10h30min.
A primeira reunião ordinária terá caráter solene, por ser a abertura do Ano
Legislativo, e em virtude do aniversário de 142 anos de elevação à categoria de
Cidade de Garanhuns, comemorada neste dia 4.

A reunião contará com a
presença do Prefeito Sivaldo Albino (PSB); do Vice-prefeito Pedro Velôso (PT) e
dos 17 Vereadores que compõem a Casa Raimundo de Moraes. O radialista e historiador Valdir
Marino participará do momento solene, quando abordará o tema “Garanhuns
elevada à categoria de Cidade”. Ele foi convidado pela mesa diretora do Legislativo
Municipal. Segundo a Câmara, a reunião terá acesso restrito, obedecendo as
orientações das autoridades sanitárias.

DIA 4 DE FEVEREIRO – A
1ª Reunião Ordinária da Câmara de Garanhuns também será marcada pela abertura
dos debates visando oficializar às comemorações do aniversário de Garanhuns no
dia 4 de fevereiro, como acontecia até 2013, inclusive devolvendo o Feriado
Municipal. A proposição será apresentada pelo vereador Alcindo Correia (PTB). “Votei
contrário a mudança em 2013 e agora pretendo, juntamente com os demais
Vereadores, devolver essa comemoração a Garanhuns no dia 4 de fevereiro, como
não deveria ter deixado de ser nunca”, pontuou Alcindo, em contato com o Blog.

Ainda segundo Alcindo, o Dia de Garanhuns poderá continuar sendo
comemorado no dia 10 de março, porém no que depender do trabalho legislativo do
Parlamentar, a principal data a ser vivenciada pelos Garanhuenses será a de
Elevação a Categoria de Cidade e não a de organização, datada de 10 de março de
1811.

DIA DE GARANHUNS – Em 2013, a Câmara de Vereadores aprovou e o então Prefeito Izaías
Régis (sem partido) sancionou uma Lei Municipal extinguindo o feriado do
aniversário da Cidade, que era vivenciado no dia 4 de fevereiro, e instituindo
o dia 10 de março, como o ‘Dia de Garanhuns’. A Ação de mudança teve como base
estudos do Instituto Histórico e Geográfico de Garanhuns, que defendeu, com a
apresentação de documentos históricos, a tese de que o Município ao ser
elevado à categoria de Vila, em 10 de março de 1811, ganhou toda uma
organização e estrutura política, jurídica e econômica, com a Câmara de
Vereadores, a Comarca e a Cadeia, instituições que caracterizam a condição de
Cidade.