BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
terça-feira, 19 de maio de 2020

A Prefeitura de Garanhuns emitiu na manhã de ontem, dia 19, uma Nota Informativa
sobre a questão dos Empréstimos Consignados que alguns Servidores Municipais possuem
junto aos bancos
Caixa Econômica Federal; Bradesco; Santander e Sicoob. Ao
todo cerca de 3 mil funcionários da Prefeitura possuem parcelas de empréstimos,
que são descontados mensalmente em seus salários.


É que após a Prefeitura adotar
medidas contensão de gastos por conta da queda na arrecadação municipal, dentre
elas: o corte de vantagens e gratificações, bem como a redução de 30% nos
salários dos servidores comissionados e daqueles cujas funções estão impedidas
de serem exercidas por conta da Pandemia do Novo Coronavírus, a Secretaria de
Administração, buscou auxiliar os servidores viabilizando o adiamento do
desconto das parcelas mensais dos empréstimos junto aos Bancos, por um prazo de
90 dias .


A Caixa, o Santander e o Sicoob,
que juntos detém cerca de 2.500 servidores entre seus clientes do serviço de
empréstimo consignado, acataram o pedido da Prefeitura, porém o Bradesco (imagem ao lado), que
inclusive detém a Folha de Pagamento da Prefeitura, ou seja, que é responsável
pelo pagamento de praticamente 100% dos Servidores da Prefeitura, inclusive inativos
e pensionistas, não concordou e informou que seguirá realizando a cobrança
normalmente das parcelas dos empréstimos consignados junto aos Servidores
Municipais da Prefeitura de Garanhuns.
Diante da decisão, o Bradesco
registrou que iria proceder ao desconto da parcela referente ao mês de abril, ontem,
dia 18, debitando o valor diretamente das contas dos clientes, o que poderia
deixar àqueles que não tinham saldo em conta, a ficarem negativados junto ao Banco,
agravando ainda mais a situação financeira dos Servidores, a maioria lotados na
Secretaria Municipal de Educação.
“Diante da medida adotada pelo
Bradesco, ao qual a Prefeitura de Garanhuns não tem autonomia para modificar,
haja vista que a contratação do serviço de empréstimo é realizada diretamente
entre o servidor e o banco, cabendo a Prefeitura apenas repassar os valores
descontados em folha de pagamento, o Prefeito Izaías Régis autorizou o
pagamento, de forma adiantada, de 30% dos valores referentes ao décimo terceiro
salário dos 583 Servidores Municipais que possuem empréstimos consignados junto
ao Bradesco”, registrou a Secretaria de Administração na Nota. Ainda de acordo
com a Pasta, o crédito de 30% teria sido lançado ontem, dia 18, e que após o
lançamento, o Bradesco iria descontar os valores dos consignados.
Clique AQUI e confira a Nota de Esclarecimento da Prefeitura na Integra sobre as parcelas de empréstimos consignados de Servidores Municipais junto ao Bradesco. 

NOTA INFORMATIVA
PARCELAS DE EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS DE SERVIDORES MUNICIPAIS JUNTO AO
BRADESCO –
O Governo Municipal de Garanhuns, por meio da
Secretaria de Administração (Sead), esclarece que, buscando auxiliar os
servidores públicos municipais neste momento de dificuldades gerado pela
pandemia do novo coronavírus (Covid-19), em que medidas de contingenciamento de
gastos por conta da queda na arrecadação municipal foram adotadas, dentre elas:
a suspensão de vantagens e gratificações, bem como redução de 30% nos salários
de servidores comissionados e daqueles cujas funções estão impedidas de serem
exercidas, manteve entendimentos junto às instituições bancárias, visando a
suspensão dos descontos de empréstimos consignados dos servidores da Prefeitura,
e suas autarquias, durante o período de 90 dias. 
A Sead protocolou ofícios
junto à Caixa Econômica Federal; ao Bradesco; ao Santander e ao Sicoob, bem
como foram realizadas diversas reuniões presenciais e contatos via meios
digitais para que tal ação fosse concretizada, em apoio aos mais de 3 mil
servidores municipais que têm parcelas de empréstimos consignados junto às
instituições financeiras. A pasta salienta que teve a solicitação atendida
pelos bancos: Caixa Econômica Federal; Santander e Sicoob, que juntos detém
cerca de 2.500 servidores, entre seus clientes do serviço de empréstimo
consignado. 
Apesar das diversas tentativas
de acordo, inclusive com reuniões através de videoconferência com diretores a
nível nacional, o Bradesco, que detém em sua carteira de clientes com
empréstimos consignados 583 servidores municipais, sendo a maioria lotados na
Secretaria Municipal de Educação, se manteve irredutível e informou que seguirá
realizando a cobrança normalmente das parcelas dos empréstimos consignados
junto aos Servidores Municipais da Prefeitura de Garanhuns que contrataram o
serviço junto àquela instituição bancária, inclusive, procederá ao desconto da
parcela referente ao mês de abril nesta segunda-feira (18), debitando o valor
diretamente das contas dos clientes. 
Diante da medida adotada pelo
Bradesco, ao qual a Prefeitura de Garanhuns não tem autonomia para modificar,
haja vista que a contratação do serviço de empréstimo é realizada diretamente
entre o servidor e o banco, cabendo a Prefeitura apenas repassar os valores
descontados em folha de pagamento, o prefeito Izaías Régis, buscando minimizar
os danos financeiros aos servidores municipais que possuem parcelas de
empréstimos consignados junto ao Bradesco, e que poderiam ficar com as contas negativadas
com o desconto inesperado, autorizou o pagamento, de forma adiantada, de 30%
dos valores referentes ao décimo terceiro salário dos 583 Servidores Municipais
que possuem empréstimos consignados junto ao Bradesco. O crédito de 30% será
lançado na próxima segunda-feira (18). Após o lançamento, o Bradesco irá
descontar os valores dos consignados. Secretaria Municipal de Administração”.