w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | domingo, 03 de julho de 2022

 

As fortes chuvas que atingiram o Agreste Meridional e outras regiões do Estado causaram transtornos em várias Cidades. De acordo com informações da Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), até às 16h de ontem, dia 2, os municípios de Correntes e de Lagoa do Ouro haviam registrado um acumulado de chuvas de cerca de 90mm, em apenas 24 horas. Em Capoeiras, segundo a APAC, foram acumulados cerca de 80mm de água no mesmo período.

 

 

A Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (CODECIPE) registrou que as chuvas caídas, entre a sexta, dia 1º, e esse sábado, dia 2, afetaram com maior intensidade, no Agreste Meridional, as cidades de Angelim, Canhotinho, Correntes, Itaíba, Lagoa do Ouro, Palmeirina, Brejão, Bom Conselho e Garanhuns.

 

 

Em Correntes, segundo o secretário Municipal de Governo, Edimilson da Bahia, cerca de 500 famílias ficaram desalojadas e tiveram que buscar casas de parentes ou prédios públicos para se abrigar. 150 famílias ficaram desalojadas em Canhotinho e 25 famílias de Bom Conselho estão desabrigadas.

 

 

Em Garanhuns, moradores da parte baixa do Distrito de São Pedro, bem como da comunidade denominada de ‘Cabeça de Porto’, localizada nas imediações da UPAE (BR 423), também ficaram desalojadas e recebem assistência da Prefeitura. Pelo menos quatro casas desabaram ou tiveram parte dos cômodos atingidas pela queda da estrutura em Garanhuns. Várias encostas caíram e muitas casas apresentam risco de desabamento na Cidade. Balanço da CODECIPE, divulgado na noite desse sábado, dia 2, não contabilizou desabrigados e desalojados. Segundo a assessoria, os Municípios estavam levantando as informações.

 

 

Por toda a Região foram registrados alagamentos; rompimento de barragens e açudes; transbordamento de rios e deslizamentos de barreiras. Devido a alagamentos, rachaduras e buracos no asfalto, estradas e rodovias tiveram registros de bloqueios totais ou parciais em diferentes pontos da Região, com destaque para a PE 177, no trecho entre o município de São João e o acesso a BR 104; bem como na BR 424, nas imediações da Churrascaria da Paz, em Garanhuns, e entre os municípios de Caetés e Capoeiras. Após inspeção de técnicos do DNIT, a ponte de acesso a Correntes, na BR 424, que apresenta rachaduras, foi liberada para o trafego pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), pois, segundo o DNIT, não apresenta risco de desabar.

 

 

CHUVAS NESTA SEMANA – A APAC informou que a previsão é de que a chuva diminua no Agreste neste domingo, dia 3, devendo permanecer na intensidade de fraca a moderada durante toda a semana. A Agência segue acompanhando um Sistema denominado Distúrbio Ondulatório de Leste que pode atingir a zona da Mata Norte neste domingo. A Defesa Civil Estadual reforçou que a população do Agreste Meridional siga as recomendações de seus Municípios e evitem permanecer nos locais de risco e em áreas alagadas.

 

 

RECONSTRUÇÃO – Prefeitos de vários Municípios do Agreste Meridional cancelaram às aulas na Rede Municipal de Ensino nesta semana e decretaram situação de emergência. Em Garanhuns, a Prefeitura informou que a Defesa Civil e a Secretaria de Obras têm atuado em várias áreas do Município para amenizar os estragos causados pelas chuvas, e que, neste domingo, dia 3, o Prefeito Sivaldo Albino reunirá o “gabinete de crise para analisar a situação e tomar as medidas necessárias, nas áreas sociais e de infraestrutura”. A expectativa agora fica por conta do auxílio aos desalojados e desabrigados, bem como da reconstrução de estradas, rodovias, ruas, pontes e reservatórios d´água danificados pela força e intensidade das chuvas. Os Governos Federal e Estadual ainda não se pronunciaram quanto aos auxílio aos Municípios atingidos pelas chuvas. (Blog do Carlos Eugênio – www.blogdocarloseugenio.com.br, com imagens de Thomas Ravelly e Assessorias Municipais)   

 

 

* CASA A VENDA LOCALIZADA NO BAIRRO SEVERIANO DE MORAES FILHO

 

– Residencial Cidade das Flores. Para mais informações ligue e agende uma visita com nossos Corretores: (87) 3764-1088 e (87) 9 9926-0223 (WhatsApp).

 

– Acesse também nosso site: www.manoimoveis.com.br e busque pelo código: CA0895.