BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
domingo, 22 de março de 2020

O Prefeito Izaías Régis (PTB) agradeceu
na noite de ontem, dia 21, a colaboração dos Garanhuenses em “ficar em casa”,
ação considerada ‘fundamental’ para que todas as medidas adotadas pelos governos
Federal, Estadual e Municipal possam surtir efeito visando evitar a propagação
do Novo Coronavírus.


Régis gravou um vídeo de pouco
mais de um minuto no terraço da casa em que reside e além de agradecer a
participação da população, ainda reconheceu as dificuldades de Garanhuns para
tratar os possíveis casos confirmados do COVID-19. “Nós não temos a estrutura
que os grandes centros do País têm! Nós não temos um Hospital preparado para
receber as pessoas (acometidas da doença). Nós não temos nada que pudemos
fazer, ao não ser na Capital Pernambucana. E a Capital vai inchar, vai dar uma
movimentação muito grande. Então se nós colaborarmos, se ficarmos em casa, como
estamos fazendo, acredito que sairemos dessa, e logo, logo, estaremos voltando
a nossa vida normal”, pontuou o Prefeito Garanhuense, registrando que sua maior
preocupação é “não ter vidas perdidas”.


A corajosa posição de Izaías
reflete a realidade vivida em Garanhuns e em praticamente todos os Municípios
do interior do Nordeste. Atualmente, o Agreste Meridional conta, aqui em
Garanhuns, com apenas 10 leitos de UTI e outros 7 de CTI no Hospital Regional
Dom Moura, além de outros quinze leitos de UTI na Rede Particular Conveniada,
porém nenhum deles é voltado para o tratamento do Novo Coronavírus.


A falta de leitos no Agreste
Meridional para atender aos possíveis doentes do COVID-19 também é uma
preocupação do Governo do Estado, tanto que designou a gerência da V Geres e o deputado
Estadual Sivaldo Albino (PSB) para verificar os leitos que poderão estar à
disposição da população, inclusive na rede privada.


Em contato com o Blog do Carlos Eugênio, Albino
registrou ter visitado o Hospital Regional Dom Moura e hospitais privados; também
disse ter verificado Unidades Hospitalares desativadas, como os antigos Hospital
Santa Terezinha e da Providência e garantiu ter conversado com autoridades
religiosas visando a possível utilização de Seminários como unidades de atendimento a doentes acometidos pelo
COVID-19.


As instalações da UPA que ainda não foi concluída pela Prefeitura na
Cohab 2 e as instalações da casa de shows Metroplaza também estão entre as
alternativas apresentadas por vereadores e ex-vereadores para suprir as
deficiências da saúde local, em caso do surgimento de casos da Pandemia Mundial,
que já atingiu diversos País e vem contabilizando milhares de mortes.


“O momento é muito difícil! Muitos
não têm a dimensão do que vamos enfrentar. As pessoas precisam se conscientizar
que a situação é muito séria. Estamos enfrentando algo jamais visto, e só
estamos no início, o pior pode estar por vir. Temos que unir forças e cuidar de
todos”, chamou a atenção o deputado Sivaldo Albino.


FALTA DE ESTRUTURA EM TODO
O NORDESTE –
A falta de estrutura para atender os possíveis doentes do Coronavírus
não é uma particularidade apenas de Garanhuns, mas de toda a região Nordeste. Na
última quarta, dia 18, o Consórcio Nordeste, composto pelos 9 governadores dos
Estados Nordestinos, procuraram a Embaixada da China no Brasil para pedir ajuda
no combate do Coronavírus, sobretudo através do envio de materiais médicos; insumos
e equipamentos, mas, principalmente, com leitos de UTI e de respiradores. Clique
AQUI e saiba mais sobre esse assunto.
 



Clique em Player e confira o posicionamento do Prefeito
Izaías Régis: