BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
sábado, 23 de janeiro de 2021

Distribuição em Maragogipe, na Bahia. 

Oitocentas e vinte e cinco famílias
quilombolas residentes nas comunidades Caluête, Castainho, Timbó, Tigre, Estrela,
Estivas e Cambiriba, todas localizadas aqui em Garanhuns, serão beneficiadas, a
partir do próximo mês de fevereiro, com a distribuição de Cestas de Alimentos.
A informação partiu do vereador Thiago Paes (DEM).
 



Os alimentos serão enviados
pelo Governo Federal, após articulação de Thiago Paes junto a Fundação Cultural
Palmares e a Coordenação de Articulação e Apoio às Comunidades Quilombolas, órgãos
ligados ao Governo Bolsonaro. “Estivemos em Brasília no último mês de novembro
para, entre outras pautas, viabilizar o desbloqueio dessas Cestas. Depois de
contatos com o presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo, e com Laércio
Fidélis e Edi Freitas, que atuam na Coordenação de Articulação e Apoio às
Comunidades Quilombolas, recebemos a informação que as Cestas serão enviadas
para os quilombolas de Garanhuns, beneficiando diretamente famílias de sete comunidades”,
pontuou Thiago, que é ligado politicamente ao Presidente Bolsonaro.
 


Distribuição das cestas a famílias indígenas na
Paraíba

“Já articulei com o Prefeito
Sivaldo Albino para que as Cestas de Alimentos sejam distribuídas a partir do CRAS
Quilombo, localizado no Castainho, de onde acontecerá, a retirada, transporte e
distribuição. Estaremos, juntamente com a secretária de Assistência Social, Eliane
Madeira, acompanhando e fiscalizando todo o processo, inclusive a prestação de
contas a Fundação Cultural Palmares”, registra Paes.


Visando beneficiar grupos
populacionais específicos, como quilombolas e indígenas, o Programa que viabiliza
a distribuição de Cestas de Alimentos é coordenado pelos ministérios do
Desenvolvimento  Social; da Mulher; e da
Família e dos Direitos Humanos, por meio da Fundação Cultural Palmares. A distribuição
dos benefícios junto aos municípios é organizada pela CONAB. “Agradeço ao
Presidente Bolsonaro, que ouviu nossa solicitação e não mediu esforços para
beneficiar os Quilombolas de Garanhuns. Também é importante adiantar que o
programa de distribuição das Cestas de Alimentos já conta com recursos
liberados e garantidos para os próximos quatro meses, ou seja, os quilombolas
de Garanhuns receberão Cestas de Alimentos nos meses de fevereiro, março, abril
e maio”, finalizou Thiago Paes.
 

Clique AQUI para conferir a
quantidade de Cestas de Alimentos que cada Comunidade Quilombola de Garanhuns
receberá, segundo o vereador Thiago Paes.


QUANTIDADE DE CESTAS DE ALIMENTOS/ COMUNIDADES 

 

CALUÊTE – 131

CASTAINHO – 235

TIMBÓ – 54

TIGRE – 32

ESTRELA – 93

ESTIVAS – 200

CAMBIRIBA – 80