BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
domingo, 21 de março de 2021

A Pandemia vem dizimando
empregos e ampliando o quadro de dificuldades, sobretudo para àquelas famílias
com menor poder aquisitivo. Aqui em Garanhuns, essa realidade não é diferente e
a cada dia mais famílias precisam do auxílio dos Poderes Públicos e da Sociedade.


Atentos a essa realidade,
voluntários que integram o grupo “Amigos em Ação” seguem fazendo a sua parte. O
Grupo vem servindo refeições, como Sopa, Cuscuz Temperado e Macarronada em algumas comunidades de
Garanhuns e assim diminuem o sofrimento e a fome que assola muitos garanhuenses,
sobretudo àqueles que vivem em situação de rua e nas comunidades carentes da
Cidade.

“Graças a Deus estamos conseguindo
levar um pouco daquilo que o Senhor tanto nos dá! O Grupo não tem nenhuma
finalidade política, porém não fazemos distinção, ficando assim o espaço aberto
para todos que queiram nos ajudar, sobretudo nesse momento em que o número de
pessoas necessitadas só aumenta”, registra Danilo Pessoa, um dos membros do “Amigos
em Ação”.

O trabalho que nesta semana
contemplou cidadãos que residem nas proximidades da caixa D´água, no bairro
Francisco Figueira (Cohab 2), precisa de ajuda para ser mantido e ampliado. “É
hora de nos unirmos para superarmos esses tempos difíceis, pois sem caridade,
nenhuma virtude é graciosa diante de Deus”, pontuou Pessoa. Os interessados em
conhecer a ação e contribuir para com ela, bastam manter contato pelos
telefones (87) 98824-7461 (Fernanda Lopes) e (87) 99678-4679 (Danilo Pessoa).

DISTRIBUIÇÃO DE CESTAS
BÁSICAS –
Enquanto isso cresce a necessidade de que a Prefeitura de Garanhuns
adquira Cestas Básicas e as distribua junto às famílias carentes de Garanhuns,
através dos CRAS. Informações apuradas pelo Blog dão conta que o Governo
Sivaldo Albino teria comprado, de forma emergencial, 320 Cestas Básicas para
distribuição junto às famílias carentes do Município.

Em busca da informação oficial,
mantivemos contato na última quarta-feira, dia 17, com a Secretaria de
Assistência Social, mas até o momento não houve qualquer divulgação se a
aquisição realmente foi feita e qual seria a logística dessa distribuição. Vale
registrar que por se tratar de recursos públicos, a transparência nas ações é
fundamental para o controle social, não se justificando o silêncio da Prefeitura
de Garanhuns até o momento sobre o assunto.