w="300" h="250">
BUSCA DE NOTÍCIAS 2021
BUSCA DE NOTÍCIAS DE 2013 A 2020
BLOG DO CARLOS EUGÊNIO | terça-feira, 19 de setembro de 2017

 
Um registro inédito revelou a presença de um coandumirim (Coendou
speratus), espécie de porco-espinho
ameaçada de extinção, num trecho de Mata Atlântica aqui em Garanhuns. Uma bela
surpresa da natureza, uma vez que a descoberta amplia a distribuição geográfica
do mamífero.


Até dez anos atrás, a literatura científica descrevia a Mata do Tauá, Boca da
Mata, Mata do Xanguazinho e Mata da Barragem, em Sirinhaém, e o Refúgio
Ecológico Charles Darwin, em Igarassu, como os únicos habitats naturais desse
mamífero em Pernambuco. 
O registro, ao ampliar a faixa geográfica do animal, fornece novos dados sobre
a espécie, ainda pouco estudada devido à sua limitada distribuição na natureza. 


Os resultados desse achado, feito por pesquisadores da Unidade Acadêmica de
Garanhuns/UFRPE junto ao 6º Grupamento do Corpo de Bombeiros do Município,
serão publicados em artigo aprovado pela revista periódica Check List. “Vale
ressaltar que, mesmo que o Coandu tenha sido capturado em uma mata inserida no
perímetro urbano, Garanhuns é uma cidade cercada por montanhas cobertas de
vegetação natural, provável origem dessa espécie”, pondera um dos estudiosos
que escreveu o artigo, Wallace Telino Junior.



O animal, um macho adulto, ganhou vida livre numa área de 40 hectares de
floresta preservada, no município de Brejão, vizinho a Garanhuns.
(Com informações da Folha de Pernambuco. CONFIRA)